Stock Light: Categoria começa com a temporada mais importante desde sua criação

Campeão da categoria Light dará o direito de sua equipe garantir duas vagas na Copa Nextel de 2008.

A Stock Car Light, que antes servia como suporte e escola para revelação de pilotos rumo a Stock Car V8, deverá ter em 2007 seu principal ano, agora com mais um fator de grande importância para a modalidade. Devido ao grande processo de valorização da rebatizada Copa Nextel Stock Car, que em 2008 limitará seu grid para apenas 34 carros inscritos, foi definido também que o campeão da Light garantirá duas destas vagas para sua equipe na categoria principal. O resultado para o certame de acesso não poderia ser melhor: O grid inchou para 35 carros, estas vagas adquiriram valor de comodites e agora jovens talentos dividem espaço com experientes pilotos, em busca do tão sonhado título e seus benefícios.

Alguns destes competidores que estarão neste domingo (22/4) em Interlagos na disputa da primeira etapa da Stock Car Light 2007, já tem uma considerável experiência no esporte e foram justamente subsidiados por suas equipes na missão de conquistar o título e garantir o par de vagas para a Copa Nextel 2008. Entre os principais nomes estão o paranaense Diogo Pachenki, que já foi campeão da própria Stock Light em 2005 e correu na principal no ano passado, o paulista André Bragantini, que também já esteve na Stock car V8, o carioca Elias Jr. e o mineiro Cláudio Gontijo, campeões brasileiros de outras modalidades, além do paulista Rafael Daniel, que venceu corridas e disputou o título da Light na temporada passada.

Entre os estreantes, aparece o carioca Alexandre Cunha (Inpacom/Sawary/Nicoboco/ RedeTV), que nos testes coletivos do início de semana já apresentou seu cartão de visitas e suas credenciais, sendo o mais rápido entre 35 carros e colocando a equipe M4T/WAS como uma das postulantes às duas vagas de 2008. “Mediante o resultado dos testes coletivos, ficamos mais confiantes e já vejo possibilidade de irmos até melhor do que o esperado, mas o objetivo é estar entre os cinco primeiros”, planejou.

Mesmo retornando depois de cinco anos longe das competições, Alexandre sabe que a competitividade desta categoria exige regularidade ao longo do ano. “Para não deixar os pilotos mais experientes abrirem muita vantagem na pontuação, a meta traçada para a etapa de abertura se mantém a mesma”, comentou o representante da Inpacom/Sawary/Nicoboco/RedeTV.

Confira
algumas diferenças técnicas entre os carros da Copa Nextel Stock Car e a Stock
Car Light

 

 

Copa Nextel Stock
Car

Stock Car
Light

Motores

V8 de 465 hp

V8 de 350 hp

Carenagens

Astra
Sedan, Bora, Lancer, 307

Astra
Hatch

Pneus

Pirelli nacional

Pirelli nacional

Câmbios

Saenz, sequencial com Power Shift e relações
intercambiáveis

Eaton, relação de engrenagens fixa para todos os
circuitos

Amortecedores

Livre escolha

Koni, padrão para todos

Molas

Livre escolha

5 pares de molas diferentes

Velocidade

245
km/h (Interlagos)

235
km/h
(Interlagos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *