Stock: Ricardo Sperafico considera treinos coletivos da Stock Car proveitosos

Com passagem na Fórmula 3000 Internacional e na ChampCar, Ricardo Sperafico terminou os treinos coletivos em 18º entre os 50 participantes.

O paranaense Ricardo Sperafico, da equipe W. A. Mattheis/Panasonic/Lumix/307, considerou proveitoso o seu primeiro contato oficial com um carro da Stock Car, sua nova categoria. Ele finalizou os dois dias de treinos coletivos, realizados terça e quarta-feira, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, como o 18º mais rápido.

Ricardo está voltando a competir no Brasil depois de passar pela Fórmula Ford Inglesa, Fórmula 3000 Italiana, Fórmula 3000 Internacional e ChampCar (EUA), além de ter sido piloto de testes da equipe de Fórmula 1 Williams. Será a primeira vez que irá competir com um carro de Turismo.

Segundo Ricardo Sperafico, os treinos coletivos foram proveitosos porque pode testar todo o potencial do carro, ficar mais ambientado à equipe e a categoria. “Apanhamos um pouco na terça-feira, mas logo começamos a melhorar. A mudança de pneus fez com que as equipes precisassem buscar novos acertos para a pista de Interlagos, mas estamos confiantes que nos treinos oficiais, a serem realizados a partir de amanhã (sexta-feira), teremos condições de melhorar mais um pouco. Precisamos pegar ritmo e por isso temos que andar o maior tempo possível nos treinos”, afirma Ricardo Sperafico.

Ricardo Sperafico espera acirrada disputa no treino classificatório para a etapa de abertura da temporada no sábado. A corrida será domingo, a partir das 11 horas, com transmissão ao vivo pela Rede Globo, dentro do programa Esporte Espetacular. “As posições do grid de largada serão decididas por centésimos de segundos. Os pilotos experientes levarão vantagem, mas queremos estar em uma posição que nos permita marcar pontos na estréia”, acentua Ricardo Sperafico.

Tempos dos treinos coletivos da Stock Car V8
1º) Ingo Hoffmann (SP), 1m41s204
2º) Thiago Camilo (SP), 1m41s398
3º) Rodrigo Sperafico (PR, 1m41s699
4º) Antonio Jorge Neto (SP), 1m41s808
5º) Ruben Fontes (GO), 1m41s881
6º) Luciano Burti (SP), 1m42s015
7º) Daniel Serra (SP), 1m42s036
8º) Cacá Bueno (RJ), 1m42s058
9º) Giuliano Losacco (SP), 1m42s201
10º) Valdeno Brito (PB), 1m42s238
11º) Ricardo Mauricio (SP), 1m42s261
12º) Paulo Salustiano (SP), 1m42s311
13º) Popó Bueno (RJ), 1m42s319
14º) Chico Serra (SP), 1m42s327
15º) Felipe Gama (SP), 1m42s358
16º) Allam Khodair (SP), 1m42s383
17º) Marcos Gomes (SP), 1m42s411
18º) Ricardo Sperafico (PR), 1m42s501
19º) Hoover Orsi (MS), 1m42s544
20º) Alceu Feldmann (PR), 1m42s570
21º) Felipe Maluhy (SP), 1m42s604
22º) Tarso Marques (PR), 1m42s650
23º) Juliano Moro (RS), 1m42s658
24º) Daniel Landi (SP), 1m42s670
25º) Mateus Greipel (SC), 1m42s706
26º) Julio Campos (PR), 1m42s727
27º) Thiago Marques (PR), 1m42s765
28º) Pedro Gomes (SP), 1m42s830
29º) Duda Pamplona (RJ), 1m42s886
30º) David Muffato (PR), 1m42s900
31º) William Starostik (SP), 1m42s926
32º) Fabio Carreira (SP), 1m43s125
33º) Guto Negrão (SP), 1m43s147
34º) Gualter Salles (SP), 1m43s180
35º) Carlos Alves (SP), 1m43s265
36º) Tiago Medeiros (SP), 1m43s276
37º) Christian Conde (SP), 1m43s307
38º) Atila Abreu (SP), 1m43s322
39º) Enrique Bernoldi (PR), 1m43s331
40º) Liko Kaesemodel (PR), 1m43s405
41º) Ricardo Zonta (PR), 1m43s442
42º) Ruben Carrapatoso (SP), 1m43s728
43º) Allan Hellmeister (SP), 1m43s941
44º) Alan Chanoski (PR), 1m43s959
45º) Nonô Figueiredo (SP), 1m44s052
46º) Mano Rola (DF), 1m44s453
47º) José Cordova (PR), 1m45s040
48º) Wellington Justino (GO), 1m45s225
49º) Hybernon Cisne (CE), 1m45s250
50º) Nelson Merlo (SP), 1m47s033

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *