Stock Light: Gabriel Robe segura pressão e vence

Gaúcho da Motortech Competições teve Enzo Bortoletto em seu encalço por toda a prova e venceu pela segunda vez na temporada

Gabriel Robe foi o grande vencedor da prova de abertura da terceira etapa da temporada da Stock Light, na tarde deste sábado (5) em Londrina (PR). O gaúcho da Motortech Competições partiu na pole position e não cedeu espaço a Enzo Bortoletto, o segundo colocado, que o pressionou durante todas as 18 voltas da corrida. Pietro Rimbano completou o pódio em terceiro lugar.

“Além da disputa da corrida havia a disputa pela liderança do campeonato. A gente sabia que não seria fácil, porque no classificatório todo mundo andou muito próximo – e vai ser assim até o final do campeonato”, resumiu Robe.

Bortoletto, melhor estreante da categoria e líder da pontuação, destacou a dificuldade de se ultrapassar em Londrina. “A gente sabia que seria assim. Viemos forte, o tempo inteiro forçando ali, eu e o Gabriel trocando push, e o pessoal de trás também vinha forte. De qualquer maneira, estamos felizes pelo resultado porque o objetivo era estar no pódio”, disse.

Pietro Rimbano, o terceiro colocado, teve também que revezar os olhos entre o carro à frente e o retrovisor. O tempo todo, pressionava e era pressionado. “Meu carro era muito bom, e brigamos até o fim. Era uma corrida muito complicada para mim com o excesso de calor, o push não ajudava muito, e então eu tinha de me preocupar com o pessoal que estava atrás e também em chegar nos adversários à frente. Mas não tenho do que reclamar: o resultado foi muito positivo”, destacou.

O pole position Gabriel Robe manteve a ponta na largada e usou de toda sua experiência para manter Enzo Bortoletto atrás, que era atacado por Pietro Rimbano e trazia consigo Marco Cozzi em quarto. João Rosate, em quinto, perdeu várias posições na sexta volta e caiu para o 11º lugar.

Na oitava volta, Bortoletto conseguiu alguma folga dos ataques de Rimbano, e passou a pressionar o líder Robe. No giro seguinte, o grupo dos cinco primeiros colocados foi aos boxes para o pit stop obrigatório. Robe saiu à frente de Bortoletto, mas por pouco os dois não batem no pit lane.

Na volta seguinte foi a vez de Raphael Reis, Pedro Cardoso, Gustavo Frigotto e Luca Milani se direcionarem para as paradas obrigatórias. Na frente, as paradas não alteraram a ordem anterior, e os cinco primeiros: Robe, Bortoletto, Rimbano e Cozzi continuavam andando juntos e formando praticamente um ‘trem’ na reta principal do autódromo de Londrina. Logo, Raphael Reis também se juntou ao quarteto – apenas dois segundos separavam os cinco primeiros.

O safety car entrou na pista na 13ª volta, a pouco mais de quatro minutos do fim, para que as equipes de resgate retirassem o carro de Murilo Coletta, que parou na área de escape com problemas mecânicos. A relargada veio na abertura do 15º giro, reiniciando a disputa.

Pedro Cardoso ultrapassou Raphael Reis na volta seguinte e assumiu o quinto lugar para sair à caça de Marco Cozzi, que seguia pressionando Pietro Rimbano. No início da última volta, Cardoso conseguiu passar Cozzi antes da primeira curva. O piloto da Carlos Alves Competições não perdeu tempo e partiu para cima do terceiro colocado.

Na bandeirada, a segunda vitória do ano para Gabriel Robe, seguido de Bortoletto, Rimbano, Pedro Cardoso e Marco Cozzi fechando os cinco primeiros.

A corrida que fecha a etapa terá os dez primeiros colocados largando em ordem inversa, o que coloca Luca Milani largando da primeira posição. A disputa final da terceira etapa da Stock Light acontece neste domingo (6) às 12h35, com transmissão ao vivo do globoesporte.com.

Resultado Stock Light – Corrida 1*:
1. 35 Gabriel Robe (Motortech Competições) – 18 voltas em 27min07s181
2. 85 Enzo Bortoleto (KTF Sports) – a 0.652
3. 17 Pietro Rimbano (W2 Racing) – a 2.350
4. 43 Pedro Cardoso (Carlos Alves Competições) – a 2.673
5. 23 Marco Cozzi (AN09 Team) – a 2.707
6. 77 Raphael Reis (W2 Racing) – a 3.317
7. 86 Gustavo Frigotto (RKL Motorsports) – a 3.643
8. 36 Pedro Boesel (RKL Motorsports) – a 4.072
9. 0 Pedro Saderi (SG Racing) – a 5.106
10. 14 Luca Milani (Motor Fast/V9 Racing) – a 5.581
11. 18 Gustavo Myasava (PGG MRF Paraguay Racing) – a 7.735
12. 9 Marcel Coletta (Cimed Racing Júnior) – a 8.363
13. 66 Gustavo Bandeira (TMG Light Team) – a 9.249
14. 22 Gabriel Lusquiños (Motortech Competições) – a 9.507
15. 1 Erik Mayrink (TMG Light Team) – a 13.127
16. 25 Tiago Geronimi (Motor Fast/V9 Racing) – a 14.156
17. 78 Lucas Peres (AN09 Racing) – a 15.012
18. 58 João Rosate (Carlos Alves Competições) – a 15.614
19. 7 Vinicius Margiota (AN09 Team) – a 16.142
20. 99 Edson Coelho (SG Racing) – a 16.487
21. 74 Odair dos Santos (PGG MRF Paraguay Racing) – a 17.542
22. 71 Lucas Daleffe (MRF Motorsport) – a 1:00.754
NÃO COMPLETARAM (75% da distância de prova)
23. 10 Murilo Coletta (Cimed Racing Júnior) – a 8 voltas
24. 12 Lauro Traldi (MRF Motorsport) – a 9 voltas
25. 46 Tuca Antoniazzi (Motortech Motorsport) – a 15 voltas
MELHOR VOLTA: Raphael Reis – 1min17s770 (média de 141,4 km/h)
*RESULTADOS SUJEITOS A VERIFICAÇÕES TÉCNICAS E DESPORTIVAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *