Stock Light: Sucolotti confirma participação

Depois de três temporadas no Campeonato Brasileiro de Pick-up Racing, Gustavo Sucolotti confirmou sua participação na edição 2006 da Stock Car Light. O piloto estréia na categoria com equipe própria, GS Racing Team.


“Decidi correr na Stock Light em julho do ano passado. Foram mais de seis meses trabalho para montar uma estrutura compatível com a Stock Car, que exige muito profissionalismo das equipes”, confirma Sucolotti.

 


Na avaliação do piloto a Stock Light está bastante competitiva. “Tem muita gente boa correndo na categoria. Em 2005 a diferença do campeão para o vice foi de apenas um ponto e isso mostra quanto a categoria está equilibrada”, disse Sucolotti, que acompanhou de perto algumas provas da categoria no ano passado.


 


Sucolotti planeja disputar de duas a três temporadas na Light para depois tentar uma vaga na Stock Car V8. “Meu objetivo é chegar a principal (Stock Car V8), mas antes tenho que conhecer melhor o carro e como funciona a categoria”, declara o sul-mato-grossense de 24 anos. O primeiro contato de Sucolotti com o carro deverá acontecer no início do mês de abril nos treinos coletivos que antecedem a abertura da competição.


 


“Será uma experiência nova. A pilotagem do Stock é diferente da Pick-up e como a categoria não permite treinos terei de esperar até o mês de abril para ter o primeiro contato com o novo carro. Devo encontrar um pouco de dificuldade no início, mas a força de vontade vai me ajudar a superar os obstáculos que terei pela frente”, argumenta o piloto, que vai intensificar a preparação física nos próximos dois meses.


 


GS Racing Team


 


O primeiro carro da GS Racing Team começou a ser montado em 31 de janeiro, na recém-construída sede da equipe, localizada em Campo Grande (MS). Será a primeira oficina de preparação de Mato Grosso do Sul a montar um carro de Stock Car. “Os mecânicos terão a estrutura necessária para desenvolver um bom trabalho. Equipamentos de primeira qualidade foram adquiridos visando a construção de carros competitivos”, disse Sucolotti.


 


Quem estará à frente da GS Racing Team será Márcio Rogério Cruz, o “Rogerinho”, que em 2004 preparou o carro em que Diogo Pachenki conquistou o título da Stock Light. De acordo com “Rogerinho”, a construção do primeiro carro deve levar de 50 a 60 dias.

Foto: GS Racing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *