Stock Light: Vitória no RJ aumenta confiança de Eduardo Santos para etapa de SP

Piloto carioca acredita que equipe Pauta Racing encontrou o caminho dos bons resultados e espera repetir em Interlagos o bom desempenho que marcou a passagem da categoria por Jacarepaguá.

Nenhum resultado é capaz de criar uma expectativa tão positiva para a corrida seguinte quanto uma vitória. E é justamente este o clima vivido pelo piloto carioca Eduardo Santos (Pauta Racing) nos dias que antecedem a etapa de encerramento da temporada de 2007 da Stock Car V8 Light. Vencedor da penúltima corrida do ano, realizada em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, Santos segue confiante na conquista de um bom resultado na décima etapa do campeonato, que será disputada no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

“Meu objetivo, sem dúvida, é voltar a vencer, e acredito que temos condição de conquistar um bom resultado em São Paulo”, declarou o carioca. “A vitória obtida no Rio de Janeiro não veio por acaso e foi fruto de um intenso trabalho desenvolvido pela equipe nas últimas quatro corridas. Além de um cuidado especial na montagem do carro, seguimos uma outra linha no acerto para o treino de classificação e para a corrida, e os resultados apareceram”, acrescentou o piloto.

Quarto colocado no campeonato quando antecipados os dois descartes previstos pelo regulamento, Eduardo Santos segue na briga pelo posto de melhor estreante do ano, uma disputa doméstica entre pilotos do Rio de Janeiro. Seu principal adversário até o momento é Alexandre Cunha, que ocupa a quinta posição na tabela a apenas três pontos do piloto da Pauta Racing.

A disputa pelo título simbólico de melhor estreante do ano é levada a sério por Santos, que já havia sido destaque em seu ano de estréia no automobilismo. Em 2006, ele disputou algumas etapas da extinta Fórmula Renault, e mesmo sem ter participado de todo o campeonato venceu uma corrida em Brasília e fechou a temporada em sexto.

“O primeiro ano em uma categoria é sempre muito difícil, porque há um período natural de adaptação ao carro e também à equipe”, avaliou. “Por isso meu objetivo sempre foi fechar a temporada entre os melhores estreantes. Eu certamente poderia estar um pouco mais bem colocado no campeonato, mas tive um começo de temporada conturbado, troquei de equipe, e somente após a prova de Santa Cruz é que as coisas entraram nos eixos”, acrescentou o piloto.

A décima corrida da Stock Car Light em 2007 definirá o campeão da temporada, disputa que segue polarizada entre o líder, Norberto Gresse Filho, e o segundo colocado na tabela, André Bragantini Jr. Gresse soma 111 pontos na tabela já considerados os descartes, contra 103 de Bragantini.

Os dez primeiros colocados na pontuação válida da Stock Light até o momento são:
1) Norberto Gresse Filho, 111
2) Andre Bragantini Jr., 103
3) Gustavo Sondermann, 86
4) Eduardo Santos, 68
5) Alexandre Cunha, 65
6) Ariel Barranco, 62
7) Afonso Bastos, 50
8) Renato Russo, 50
9) Rafael Sperafico, 47
10) Rafael Daniel, 37

Foto: Luca Bassani

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *