Stock: Losacco acerta na estratégia e chega em sexto

Piloto da Equipe Flash Power ganhou 13 posições no travado circuito de Ribeirão Preto

Átila Abreu fez uma corrida perfeita e ganhou a quinta etapa da Stock Car nas ruas de Ribeirão Preto. O líder do campeonato aproveitou bem a pole, administrou as raras investidas de Ricardo Maurício e conquistou sua primeira vitória na categoria. Mas a corrida teve outro grande destaque. Bicampeão em 2004 e 2005, o paulista Giuliano Losacco largou em 19º e recebeu a bandeira quadriculada em sexto. Ganhou 13 posições graças à estratégia acertada da Equipe Flash Power. “A gente sabe que corrida de rua é assim mesmo, com muitos acidentes e entradas do safety car. Por isso arriscamos fazer o reabastecimento por último e deu certo”, explicou Losacco após a prova repleta de batidas no muro e intervenções do carro de segurança.

A prova já começou confusa. Na primeira curva, Xandinho Negrão e Felipe Maluhy se chocaram. Ainda na volta inicial, Julio Campos teve um pneu furado e foi parar no muro, onde recebeu a forte pancada por trás de Luciano Burti. Outros pilotos não conseguiram evitar o choque e formou-se uma pilha de carros, alguns amontoados e outros esperando um jeito de conseguir passar. “Eu vinha atrás daquela bagunça, mas parei o carro. Não tinha o que fazer ali”, disse Losacco. A prova então foi interrompida com bandeira vermelha para a retirada dos carros.

O acidente logo na largada foi o indício de que a estratégia da Equipe Flash Power para a corrida de rua poderia dar certo. “Já fomos para a pista com o objetivo de fazer o reabastecimento o mais tarde possível. Temos experiência nesse tipo de prova e seria praticamente impossível a corrida acabar sem nenhuma entrada do safety car”, garantiu Juan Carlos Lopez, o chefe da Equipe Flash Power. “Quando o Giuliano assumiu a liderança, a gente passou a esperar pelo próximo acidente. Na ponta, ele foi perfeito, tocou o carro de forma precisa, sem cometer erros, com constância e isso foi fundamental, porque o safety car entrou e o chamamos para o reabastecimento.”

De volta à pista, Losacco assumiu o sexto lugar. “Ainda perdi um tempinho na entrada dos boxes porque tinha um carro mais lento na minha frente que tirou o pé quando entrou o safety car. Se não fosse isso, eu poderia talvez ter sido quinto. Mas a nossa equipe está de parabéns, todo mundo trabalho muito bem nesse circuito que é bastante complicado para buscar um bom acerto. O que me deixa contente é que o carro se mostrou bastante equilibrado e acho que de agora em diante vamos poder brigar por melhores posições”, explicou o piloto de 33 anos.

A próxima etapa da Stock Car será no dia 15 de agosto em outro traçado urbano, o de Salvador. Ano passado, na estreia do circuito, Losacco chegou a andar em segundo lugar. “Salvador é uma pista também de rua e claro que o resultado aqui em Ribeirão me deixa mais confiante, até porque consegui acertar bem o carro em 2009”, lembrou. “Vamos trabalhar certinho para tentar evoluir ainda mais na temporada. Salvador tem tudo para ser uma corrida boa para a nossa equipe.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *