Stock: Mano Rola marca seus primeiros pontos na categoria

Como havia dito na véspera, a corrida disputada ontem (domingo) em Campo
Grande, sob muito chuva, foi realmente uma loteria e a prudência de Mano
Rola (Banco Pine/ Newland/ EIT/ Trana/ T&A) deu excelentes resultados. O
cearense partiu da 34ª posição do grid de largada, para histórica corrida do
Campeonato Brasileiro da Stock Car V8, que atingiu sua 300ª prova desde que
foi criada em 1979.

A largada aconteceu com a presença do safety-car na pista, e a chuva que
caiu durante toda madrugada já dava mostras que não daria tréguas durante a
prova. Assim que o carro de segurança saiu da pista aconteceu o primeiro
acidente, envolvendo Renato Jader David e Fabio Carreira.

Muito embora ambos estivessem bem, o safety-car foi novamente acionado. Na
relargada Cacá Bueno, que partiu da pole, aproveitou que tinha pista livre e
“boa” visibilidade para abrir grande vantagem sobre os demais. Mano manteve
sua posição, à frente de Diogo Pachenki, Hybernon Cysne e Wagner Ebrahim.

O cearense, da equipe Hot Car, imprimia um ritmo ao mesmo tempo forte e
seguro, e com o acidente da primeira largada já havia ganho três posições.
Logo depois foi a vez de superar Luiz Felipe Gama, que escorregou na pista
molhada. Mano vinha acompanhando Luiz Carreira, e ambos tinham a incômoda
presença de Hybernon Cysne, cujo carro rendia muito bem no piso molhado.

Na oitava volta a chuva volto a apertar, e por muito pouco Mano não acaba
saindo da prova, após aquaplanar em uma poça d’água. Hybernon que estava
colado, foi para terra para evitar o choque; ambos perdendo a posição para
Pachenki, mas seguiram na prova. Mais a frente uma série de despistes foi
fazendo Mano galgar posições, superando Chico Serra, Thiago Camilo,
Christian Fittipaldi, Luciano Burti, entre outros, até figurar na 13ª
posição na classificação geral.

A chuva diminuiu um pouco, mas faltando 13 minutos para o encerramento da
prova, voltou a cair intensamente, forçando a direção de prova a decidir
pela bandeirada após 22 voltas. O resultado foi muito comemorado por Mano
Rola e por toda equipe Hot Car, que ainda viu Popó Bueno terminar na nona
posição.

“Foi uma corrida excelente, onde conseguimos cumprir a risca aquilo que
havíamos programado. A pista estava impraticável, e por muitas vezes não
conseguia enxergar absolutamente nada”
, disse Mano. “O ponto de referência
eram as lanternas traseiras dos carros que iam à frente, já que não dava
para saber nem onde eram os pontos de frenagem no final das retas. Estou
muito satisfeito e quero parabenizar a toda equipe pelo grande trabalho”
,
falou o cearense, que somou seus primeiros 3 pontos na principal categoria
do automobilismo nacional.

A vitória ficou com Cacá Bueno, seguido por David Muffato e Hoover Orsi que
completou o pódio. A próxima etapa da Stock Car será no dia 02 de Junho no
Autódromo José Carlos Pace (Interlagos – SP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *