Stock: No calor de Campo Grande amianto é usado em sapatilha

Duda Pamplona e Felipe Maluhy inventam solução para enfrentar alta temperatura

O forte calor que marcou o primeiro dia de treinos para a oitava etapa do Campeonato Brasileiro de Stock Car V8, hoje, no autódromo desta cidade, levou pilotos e equipes a buscar soluções para enfrentar a alta temperatura registrada no interior dos carros. Uma das mais engenhosas foi a encontrada pela equipe Officer ProGP: Duda Pamplona e Felipe Maluhy usaram um revestimento de amianto no interior de suas sapatilhas como forma de amenizar as críticas condições de trabalho.

“Os canos de escapamento passam muito próximos ao local onde fica a pedaleira e, consequentemente nossos pés acabam sofrendo com isso. Aplicando uma pequena camada de amianto na sola interior da sapatilha ajudou a amenizar o nosso sofrimento…”, explicou Pamplona, que marcou o décimo-sexto do dia (1m24s993) e classificou o rendimento do seu carro como satisfatório. “Ainda estamos, eu e o Maluhy, longe dos mais rápidos, mas estou confiante que amanhã vamos anular essa diferença.”

Ao seu lado o paulista Felipe Maluhy comentava os motivos que o deixaram duas posições atrás do carioca:

“Basicamente o carro não está ruim, mas teremos que trabalhar muito em cima da suspensão para melhorar a estabilidade e a tração nas entradas de curva.”

Amanhã (sábado), acontecem os treinos oficiais e a prova de classificação, com início respectivamente a partir das 8h05 e 11h20, pelo horário local, 9h05 e 12h20 pelo horário de Brasília. A largada está marcada para as 10 horas locais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *