Stock: Paulo Salustiano espera manter a ascendência no campeonato em Interlagos

Chegar à frente do que já conseguiu e somar mais pontos, sem correr maiores riscos durante a corrida, é a meta do paulista na quarta etapa.

Em sua segunda de três aparições anuais no Autódromo Municipal José Carlos Pace, em São Paulo, a Stock Car chega neste final de semana (16 e 17 de junho) para sua quarta etapa da temporada 2007, mais competitiva do que nunca. Esperando manter sua reação no campeonato, o paulista Paulo Salustiano (Inpacom/ Nicoboco/ Sawary/ RedeTV) confia na continuidade do trabalho realizado na última etapa disputada, quando terminou no 10° lugar. “Nosso ritmo de corrida em Campo Grande nos deu um fôlego no campeonato, e mostrou que estamos na direção certa para melhorar cada vez mais”, ressaltou o piloto da equipe M4T/WAS.

Com quase 50 carros na classificação e 38 ganhando o direito de alinhar no grid para a corrida em Interlagos, fazer previsões e traçar objetivos torna-se uma tarefa difícil até mesmo para os pilotos, na opinião de Salustiano. “Em uma categoria como a Stock Car, é difícil falar em qual posição pretendemos chegar. Mesmo desejando um pódio, temos outros 48 pilotos pensando o mesmo, e 38 largando para a corrida. Tudo depende do desenrolar do final de semana, onde o resultado é uma conseqüência de tudo que possa ocorrer”, opinou o vice-campeão da Stock Light em 2005.

O representante da Inpacom, Nicoboco, Sawary e RedeTV ainda tem um retrospecto bastante favorável no circuito da Zona Sul da capital paulista. Pela Stock Light, foram duas vitórias, e os recordes de voltas mais rápidas na classificação (1:44.707) e em corridas (1:46.069), mantidos desde 2005. Mesmo assim, o paulista considera que uma corrida em ritmo muito forte neste domingo não é a solução para quem está pensando no campeonato. “Arriscar para chegar na frente não é uma prioridade no momento. Nem só de vitórias se faz um piloto, e vamos correr em busca de bons pontos. Acredito que temos um conjunto forte o bastante para andar entre os dez mais rápidos e que podemos alcançar melhores colocações finais. Esta possibilidade nos deixa muito animados”, comentou ‘Salú’, que no ano passado, em sua segunda corrida em São Paulo, terminou na quinta posição.

O progresso no acerto do Astra Sedan do piloto de 23 anos de idade em relação à abertura do campeonato, também em Interlagos, foi bastante sentido. “Para a classificação, acho que ainda podemos melhorar, mas para a corrida tudo está indo bem. Na última prova pudemos constatar que a mudança de amortecedores foi decisiva para o desempenho do carro, e agora aplicaremos isso aqui em São Paulo”, finalizou Paulo Salustiano.

Na avaliação da equipe, o desgaste de pneus foi otimizado e poderá ser outro fator positivo nesta etapa. “O acerto no carro do Paulinho é totalmente diferente em relação ao da primeira etapa. Com novos amortecedores, mudamos toda a geometria da suspensão, e o desgaste dos pneus poderá ter uma melhora significativa”, analisou Miguel Ferreira, experiente chefe da equipe M4T/WAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *