Stock: Pilotos da Neo Química-Neosoro/JF têm problemas na etapa gaúcha

Quebra de diferencial tira Valdeno Brito da disputa pela vitória em Tarumã. Ruben Fontes, com rasgão no pneu, fica fora dos pontos.

Foi marcada por problemas a participação dos pilotos da Neo Química-Neosoro/JF Racing na décima etapa da Copa Nextel Stock Car V8, neste domingo (28) no Autódromo Internacional de Tarumã. Valdeno Brito foi o primeiro a abandonar a corrida, com a quebra do diferencial na terceira das 44 voltas. Ruben Fontes teve de fazer um pit stop para troca de um pneu rasgado e terminou na 26ª posição.
O paraibano Brito, terceiro colocado no grid, assumiu o segundo lugar na largada, superando o carioca Duda Pamplona. Na terceira volta, preparava o ataque à liderança do pole-position paranaense Rodrigo Sperafico, enquanto Pamplona e Cacá Bueno disputavam a terceira posição, quando o diferencial do carro número 77 quebrou. “Foi uma pena, era mais uma grande chance de conseguir a primeira vitória. Fica para a próxima”, lamentou.

Fontes, goiano que largou em 19º, propôs-se a fazer uma corrida de recuperação. Perdeu três posições na largada, mas chegou a figurar no grupo dos 15 primeiros que marcam pontos a cada etapa. Quando teve de estacionar nos boxes com o pneu rasgado, estava em 17º. “O carro estava competitivo, eu conseguia negociar bem as posições. Quando tive o problema, estava atrás do Alceu Feldmann, que terminou em décimo”, ilustrou.

Sperafico, de ponta a ponta, conquistou sua segunda vitória no ano e assumiu a terceira posição na tabela de pontos, 30 atrás de Bueno, que fechou a corrida em segundo lugar – Pamplona completou o pódio. O vice-líder Thiago Camilo, sexto na etapa em Tarumã, está 25 pontos atrás do líder. A penúltima corrida da temporada 2007 está confirmada para o dia 18 de novembro no Autódromo Internacional Nelson Piquet, no Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *