Stock: Pizzonia quer repetir bom desempenho em Interlagos

O amazonense volta ao único circuito brasileiro que conhecia antes da Stock Car.

Após a dobradinha de sua equipe nas 500 Milhas Granja Viana no último domingo, o amazonense Antonio Pizzonia (TMais/Win Motorsport) está bastante animado para voltar a acelerar na disputa da 12ª e última etapa da Copa Nextel Stock Car em 2007. “Como é a última corrida do ano eu espero fechar com um resultado positivo. O sucesso nas 500 milhas me motivou ainda mais”, conta o piloto, que subiu no pódio dos vencedores junto com o amigo da Fórmula 1 Rubinho Barrichello. A prova acontece neste domingo (9/12), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. A TV Globo mostra ao vivo, a partir das 11 horas.

Os bons desempenhos demonstrados por Antonio Pizzonia nas últimas provas colaboram para todo esse otimismo. Na corrida passada, no Rio de Janeiro, ele largou na quinta posição e vinha em quarto lugar, quando um problema no pedal de freio o forçou a abandonar. “Eu estou cada vez mais adaptado ao carro e à categoria. Quanto mais eu ando, mais me sinto confiante. Em Interlagos espero que não seja diferente”, conta o manauara. A Win Motorsport também está bastante contente com a evolução conjunta do carro e do piloto. “O Pizzonia está mais acostumado com o carro e nós também estamos com o Bora cada vez melhor. Vamos à busca da vitória para fechar o ano com chave e ouro”, aposta o carioca Élio Seikel, chefe da equipe.

Interlagos é a única pista brasileira que o representante da TMais já conhecia antes de chegar à Stock Car. Ele competiu duas vezes na Fórmula 3000 (2001 e 2002) e outras duas na Fórmula 1 (2003 e 2005). Pizzonia acredita que isso vai ajudá-lo. “Pelo menos eu sei para que lado eu vou virar o volante e mais ou menos onde se freia”, brinca. Mas o amazonense sabe que só isso não será o suficiente para ir bem. “Eu nunca corri de Stock Car aqui. Então, tenho que aproveitar os treinos de sexta-feira ao máximo seu eu quiser andar na frente”, alega.

Como o asfalto do circuito paulistano foi totalmente reformulado para o GP Brasil de Fórmula 1 deste ano, todas as equipes vão utilizar bastante os treinos livres em busca da configuração ideal para o carro. “Nós partimos do acerto antigo, mas só dá para saber qual será o melhor caminho quando formos para pista. Mas acho que vai ser algo parecido com o que fizemos no Rio, quando tivemos nosso melhor desempenho”, explica Seikel. “Todos na equipe estão bastante motivados e animados, acho que vamos ter uma corrida muito boa para nós”, finaliza Pizzonia.

Esta é a programação da última etapa da Copa Nextel Stock Car em 2007:

07/12 – Sexta-feira
10h30 às 12h00 – Treinos Livres
14h00 às 15h30 – Treinos Livres

08/12 – Sábado
10h40 às 12h10 – Classificatório
12h40 às 12h50 – Super Classificação

09/12 – Domingo
11h00 – Largada

Foto: Jose Mario Dias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *