Stock: Pizzonia volta a correr no exterior, desta vez de Stock Car

Com uma carreira pautada sempre em monopostos, Antonio Pizzonia (TMais) está experimentando várias novidades nesta temporada, quando estreou no Brasil em carros do tipo Turismo.

Depois de 10 anos ininterruptos correndo no exterior, ele volta a correr fora do país, desta vez na Argentina, com o Stock Car da equipe Win Motorsport. “Novamente terei situações novas. É um país onde nunca corri e uma pista que precisarei aprender e me adaptar”, confessa. A oitava etapa da Copa Nextel Stock Car será neste domingo (14/10) em Buenos Aires, com transmissão ao vivo pela Rede Globo de Televisão a partir das 11 horas (horário de Brasília).

Prestes a disputar sua quinta corrida na principal categoria do automobilismo brasileiro, Antonio Pizzonia vai correr pela primeira vez em um traçado em que nem todos os seus concorrentes têm experiência, pois nos dois anos anteriores a Stock Car utilizou o circuito trioval do Autódromo Internacional Oscar Galvez. No entanto, pelo menos 20 pilotos já conhecem os segredos desta pista, por terem corrido de Fórmula 3 ou TC2000. “Para mim não muda nada. Nunca tive problema de adaptação nas pistas que andei até hoje. E aqui não será diferente”, opina o amazonense, que acredita que o equilíbrio virá da falta da experiência dos engenheiros com o Stock Car neste circuito. “Vai todo mundo começar o acerto ao mesmo tempo. Tenho confiança que a Win Motorsport vai conseguir rapidamente um bom set up para os nossos carros, pois temos profissionais experientes e talentosos. Só teremos que ter tranqüilidade”.

Responsável pela condução do Volkswagen Bora com numeral 1, Pizzonia largou em três das quatro corridas em que esteve inscrito, e chegou a pontuar em Santa Cruz do Sul (RS). “O mais importante é continuar buscando o nosso objetivo na equipe, que é pontuar, com a finalidade de classificar a equipe para a próxima temporada”, avisa o representante da TMais. “Por isso, a minha expectativa é de classificar para correr e ir atrás dos pontos”. A partir desta etapa Antonio terá o gaúcho Cláudio Ricci como companheiro na equipe Win Motorsport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *