Stock: Pneu fura, Duda cai para último e termina em nono

Duda Pamplona foi um dos destaques da corrida mais disputada da temporada de Stock Car de 2007: na oitava etapa do Campeonato Brasileiro realizada hoje em Brasília, o carioca largou em segundo lugar e caiu para último na sétima volta por causa de um furo no pneu traseiro direito que o levou a parar no box.

De volta à pista o piloto da Officer Motorsport iniciou uma recuperação que em 36 voltas o levou de 34º a nono lugar ao término da competição. Nonô Figueiredo abandonou na penúltima volta com o pneu traseiro direito furado e a vitória ficou para o sul-mato-grossense Hoover Orsi, sétimo vencedor da temporada.

“Nas primeiras voltas já notei o comportamento estranho do meu carro, o que me leva a acreditar que logo após a largada o pneu traseiro direito perdia pressão e com isso afetava a estabilidade e a tração. Felizmente, entrei nos boxes no momento que o Safety Car entrava na pista e isso evitou que eu perdesse uma volta para os líderes”, declarou Duda de volta aos boxes.

As características do anel externo de Brasília, que praticamente só tem curvas para a direita, proporcionaram condições para muitas disputas durante as 43 voltas da competição, que aconteceu sob temperatura ambiente na casa dos 35º. Como o calor no interior dos carros pode superar os 50º C, os Stock Car são equipados com um sistema de refrigeração que faz circular água gelada por uma espécie de serpentina costurada em uma camiseta. Apesar de tudo, Pamplona não utilizou esse recurso durante os 50 minutos de prova:

“Depois da parada eu vinha andando tão forte que sequer me lembrei de ligar esse sistema. E olha que terminei a corrida inteiro!”.

Para Fábio Gaia, diretor esportivo da Officer Motorsport, o resultado desta etapa vai além do nono lugar ao final da prova:

“O autódromo de Brasília é dos mais exigentes do País, como pudemos ver na prova de hoje. A forma como o Duda terminou a corrida fisicamente e o desempenho cada vez mais competitivo dos nossos carros comprovam que a persistência e a união da nossa equipe está pagando dividendos cada vez maiores.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *