Stock: Pódio em Salvador aproxima Duda do playoff

Título da Stock Car será disputado entre os top 10 nas primeiras 8 provas

O terceiro lugar conquistado na sexta etapa do Campeonato Brasileiro de Stock Car, disputada hoje nesta cidade, colocou o carioca Duda Pamplona em décimo-segundo lugar na tabela de pontos da temporada, situação que deixa o piloto da equipe Officer ProGP bem próximo do grupo de 10 pilotos que vai disputar o título da temporada. Na corrida de hoje Pamplona dividiu o pódio com Cacá Bueno, vencedor, e Thiago Camilo, segundo colocado. Felipe Maluhy, companheiro de equipe de Duda, ficou em décimo-primeiro lugar e o campeonato prossegue dia 5 de setembro, em Interlagos quando será disputada a Prova do Milhão, que garante ao vencedor o prêmio de um milhão de reais.

O clima instável que marcou a manhã de hoje em Salvador foi preponderante no desenrolar da competição, que teve 38 voltas pelo Circuito Ayrton Senna, traçado que usa 2.724 metros das ruas do Centro Administrativo da Bahia, bairro dedicado aos prédios de instituições públicas deste estado. Na largada realizada em pista úmida Cacá Bueno assumiu a ponta seguido por Duda Pamplona, Alan Hellmeister e Thiago Camilo. Nas primeiras passagem a diferença entre os dois cariocas oscilou entre oito e doze décimos de segundo até que na décima terceira volta o piloto da equipe Officer ProGP tentou seu primeiro ataque. Três voltas aconteceu nova tentativa e, na passagem de número 22, aquela que esteve mais próxima do êxito:

“Na passagem seguinte eu e o Cacá erramos a freada. A partir daí tudo mudou, inclusive o comportamento do meu carro e com isso passei a controlar o ataque do Thiago Camilo.”

Pamplona lembrou que por ter completado apenas cinco voltas no treino livre de sexta-feira “não tinha uma boa noção do comportamento do seu veículo com pneus usados”. Atacado por Thiago Camilo na segunda fase final da corrida, quando seu carro não tinha a mesma tração, Pamplona acabou ultrapassado pelo paulista na freada da curva da Balança, após uma aproximação onde seu adversário explorou o recurso “push-to-pass” que permite aumentar a potência do motor em 110 HP. Com o resultado de hoje Pamplona reverte uma sequência de resultados que o afastaram dos primeiros lugares do campeonato, motivo de comemoração:

“O pódio de Salvador, uma pista onde me sinto seguro e à vontade, é muito importante porque nos coloca em uma posição que permite pensar em entrar no playoff, que este ano está mais disputado do que nunca. E isto só foi possível graças ao esforço da minha equipe, que de sexta-feira para sábado virou a noite para me entregar um carro competitivo.”

Um dos seis vencedores desta temporada, o ganhador da etapa do Rio de Janeiro Felipe Maluhy comentou que o fim de semana foi positivo e mostrou as dificuldades típicas de uma corrida de rua:

“Nestas condições há sempre muitas possibilidades. Eu mesmo quis aproveitar o começo da chuva mas acabei perdendo a referência, por sorte acabei caindo só duas posições. Nossa meta era terminar entre os pontos e isso nós conseguimos com os dois carros. Mais importante é que o terceiro lugar do Duda o colocou mais perto da briga para entrar no playoff.”

A festa deste fim de semana aprovou as modificações feiras no circuito baiano, que agora está mais largo, o que facilita as ultrapassagens e oferece espetáculo mais atraente, conforme descreveu Fábio Gaia, o diretor esportivo do time Officer ProGP:

“Uma prova de rua é sempre uma corrida mais dificil, mas também mais atraente. Isso valoriza ainda mais os pontos que conquistamos aqui, e, muito imporante, nos dá a energia para manter o entusiasmo de nossa equipe em busca de mais resultados como o que obtivemos hoje.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *