Stock: Poucos pilotos brigarão pela Super Classificação

O treino de classificação para a oitava etapa da Copa Nextel Stock Car, a partir das 10h50 deste sábado (22/9), em Brasília (DF), deve pegar fogo. Não só pela alta temperatura ambiente, aliada ao baixo índice de umidade, mas principalmente pela enorme competitividade que a categoria mostrou na sexta-feira (21/9) no anel externo do Autódromo Internacional Nelson Piquet.

“Estamos num bom caminho de acerto. Vamos analisar e juntar tudo o que descobrirmos hoje para tentar ir para a Super Classificação amanhã”, disse o paulista Paulo Salustiano (Inpacom/Nicoboco/ Sawary/RedeTV), que terminou a prática do primeiro dia de atividades fechando o grupo dos dez mais rápidos.

Surpresa desta etapa, o paulista Alan Hellmeister (Katálogo Racing) foi o mais rápido nos dois treinos livres no traçado de 2.919 metros de extensão, estabelecendo o melhor tempo com 1min00s289 (média de 174,30 Km/h). Líder do campeonato, o carioca Cacá Bueno (RC Eurofarma) ficou com a sétima marca, ao ser cronometrado em 1min00s553.

Dos 50 pilotos inscritos, 14 ficaram separados por menos de meio segundo no último treino livre, o que mostra que o objetivo de entrar na Super Classificação, que definirá o pole position e as cinco primeiras filas do grid de largada a partir das 12h50, será primazia para bem poucos. “Nosso planejamento de testes foi totalmente comprido. Testamos muitas coisas em diversas direções. Estamos competitivos, mas precisamos equalizar tudo para entrar na Super Classificação”, comentou Miguel Ferreira, chefe da equipe M4t/WAS. “Temos que procurar uns dois a três décimos de segundo para garantir presença na Super Classificação. Vamos reunir todos os dados que coletamos hoje e colocar em prática no treino classificatório. Vai dar certo…”, acredita o catarinense Mateus Greipel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *