Stock: Problemas de motor mudam planejamento da Crystal Racing Team

Equipe optou por manter os dois carros nos boxes, esperando uma solução para os problemas inicias apresentados pelo novo motor em Interlagos.

Nesta segunda-feira (1), os carros da Stock Car foram para a pista pela primeira vez utilizando o novo motor, mais potente, com injeção eletrônica, que estreia na categoria em 2010. Mesmo com tempo ruim e pista molhada durante parte da única sessão de testes do dia, foi uma tarde de experiências com o propulsor de 520 cv, que agora tem o etanol como combustível. E como é comum neste tipo de treino, surgiram alguns problemas com o equipamento, o que exigiu cautela por parte das equipes.

Entre elas, a Crystal Racing Team que optou por manter os carros de Claudio Ricci e Constantino Jr. nos boxes. Não participar do primeiro dia foi uma decisão prudente, explica Amir Nasr, chefe do time, em razão das dificuldades que diversas equipes reportaram no uso do equipamento. “A nossa opção de não entrar na pista foi para preservar o equipamento, pelo menos até que a fornecedora de motores entenda melhor o que está acontecendo”, conta Amir Nasr.

Até o início da noite a JL, responsável pelos propulsores, ainda estudava os problemas apresentados nesta segunda-feira, para garantir que todos os motores estejam em boas condições nas duas sessões finais, na terça-feira (3). Com isso, o dia da Crystal Racing Team se resumiu aos ajustes e montagem do carro dentro da garagem, trabalho acompanhado de perto pelos dois pilotos, Claudio Ricci e Contantino Jr. Os trabalhos de pista no último dia de atividades começam às 09h00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *