Stock: RC3 Bassani coloca os dois carros entre os 12 primeiros colocados

Equipe gostou muito do treino classificatório e espera um bom resultado neste domingo.

A equipe RC3 Bassani conseguiu um ótimo lugar no grid de largada para a abertura da Copa Nextel Stock Car, que está sendo realizada em Interlagos, São Paulo. Pedro Gomes, estreando pela equipe larga em 10º e David Muffato partirá logo atrás, em 11º. A pole position ficou com o veterano Ingo Hoffmann.


 


Eduardo Bassani engenheiro chefe da equipe comentou a classificação: “Estou muito satisfeito com a posição dos nossos carros. Mostramos que andamos bem perto das equipes de ponta e colocamos os dois praticamente entre os dez. Nosso ritmo de corrida é muito bom. Vamos tentar fazer um bom pitstop e terminar a prova mais à frente de onde vamos largar”, disse Bassani.


 


Pedro Gomes – 10º: “Estou aliviado”


 


Pedro Gomes se sentiu aliviado após o treino classificatório deste sábado em Interlagos. Estreando pela RC3 Bassani ele explicou as dificuldades. “Estava com patrocínio fechado para este ano e “os caras” deram para trás uns dias antes. Foi um grande esforço para todos eu estar correndo hoje. Largar em 10º é gratificante. Mostramos garra e muita vontade para buscar o melhor lugar no grid”, desabafou Pedro Gomes.


 


Pedro, que ontem após os treinos declarou que poderia largar entre os dez, já começa a pensar na corrida. Segundo ele, são poucos os que já tem um acerto para a corrida na cabeça. “Trabalhamos muito pensando na corrida. Será tudo novo: volta do pitstop, pneus de fabricante diferente. Não sabemos como será o ritmo. Quero terminar entre os dez. Se eu ficar entre os seis será um prêmio para todos”, finalizou Pedrão.


 


David Muffato – 11º: “Eu tenho a receita para a corrida”


 


Largando na sexta fila, 11ª colocação, David Muffato está bastante otimista para a corrida deste domingo. Isto porque, nos treinos livres, ele completou 11 voltas seguidas, já pensando nas reações do carro. “Tem muita gente que pensa no acerto de corrida, vai para a pista, completa duas voltas e pronto. Mas não se tem informações com o desgaste de pneus, por exemplo. Completei uma série de voltas e posso afirmar que o carro muda muito”, explicou.


 


Na opinião de David Muffato, campeão da categoria em 2003, vai ser preciso muita cautela na primeira corrida do ano. “A prova vai ser muito difícil. Ninguém sabe como vai ser o desgaste do carro, qual a melhor hora de abastecer. É quase uma loteria. Por conta disso é preciso muita cautela”, prevê Muffato.



 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *