Stock: Red Bull Racing belisca pontos em Tarumã

Hoover e Serrinha são 14º e 15º na décima etapa da Stock Car, mas segundo lugar de Cacá Bueno elimina pilotos da Red Bull da disputa pelo título.

Em uma das provas menos movimentadas da temporada, a dupla da Red Bull Racing viveu um dia difícil no Autódromo de Tarumã nos arredores de Porto Alegre, completamente lotado apesar do calor superior a 30 graus.

Hoover Orsi e Daniel Serra viram suas chances de um bom resultado complicarem-se logo no começo. Nono no grid, Serrinha “sobrou” na aproximação para a Curva do Laço na primeira volta e caiu para 20º, dois lugares atrás de Hoover, que pulou de 21º para 18º na largada.

Com ultrapassagens sendo sempre algo complicado em Tarumã, uma pista sem curvas de baixa que exijam freadas fortes, o progresso de Hoover e Serrinha acabou pautado principalmente pelos abandonos da concorrência, que foram poucos. Ao fim das contas, Hoover cruzou a linha de chegada com o Volkswagen Bora #12 em 14º lugar, marcando seus dois primeiros pontos no play-off, enquanto Serrinha e o Bora #29 tiveram de se contentar com o 15º posto, marcando um ponto.

A prova desse domingo foi vencida pelo pole Rodrigo Sperafico (Biosintética Action Power), com Cacá Bueno (EurofarmaRC) e Duda Pamplona (Officer Pamplona’s) completando o pódio. O resultado de Cacá, que havia vencido em Buenos Aires e já liderava ao início dos play-offs, eliminou matematicamente a dupla da Red Bull Racing da disputa do título de 2007. O atual campeão soma agora 272 pontos, contra 216 de Serrinha e 211 de Hoover. Restam somente 50 pontos em disputa, nas etapas do Rio de Janeiro (18/11) e São Paulo (9/12).

Após a prova, pilotos e chefe de quipe falaram sobre a etapa de Tarumã:

Hoover Orsi, Volkswagen Bora #12: “O carro começou bem nas voltas iniciais, mas depois ficou um pouco arisco demais, e atacar ficou mais difícil. Normalmente em Tarumã a maioria dos carros começa a perder rendimento na parte final da prova, só que isso não aconteceu hoje. Meu carro ficou constante, mas os demais também ficaram. Agora precisamos reencontrar nosso caminho em termos de performance e partir para cima nas duas últimas etapas, para buscar ao menos uma vitória”.

Daniel Serra, Volkswagen Bora #29: “Na primeira volta me posicionei um pouco mal e caí na sujeira; na hora que apontei o carro, ele passou reto. Tive de voltar bem devagar para não bater em ninguém no Laço; o carro não foi afetado, mas perdi muitas posições. Dali em diante consegui brigar com alguns outros pilotos, o problema é que atacar aqui é sempre muito difícil. Em relação ao campeonato, acho que estar em sétimo no play-off em meu ano de estréia é muito bom; a questão é que iniciei o ano fazendo a pole e um pódio em Interlagos, o que aumentou as minhas próprias expectativas, e de lá para cá não consegui repetir um final de semana como aquele. É o que quero fazer nas duas últimas provas do ano”.

Amir Nasr, chefe da equipe Red Bull Racing: “Houve momentos da corrida em que o Hoover virava mais rápido que os líderes, mas para nós sem dúvida faltou largar mais na frente nesse final de semana. O Daniel teve problemas na largada e também conseguiu virar tempos bastante competitivos na corrida. Vem sendo um ano tumultuado para nós, com altos e baixos – principalmente em função do air box e dos pneus nas provas iniciais – mas talvez nos tenha faltado capitalizar mais e conseguir resultados realmente expressivos nos finais de semana que tínhamos performance para tanto. Poderia ter sido melhor? Claro, principalmente nos play-offs, em que a batida muito forte do Hoover em Buenos Aires acabou comprometendo aquela prova e essa. Mas temos totais condições de reagir e lutar por vitórias nas duas corridas que restam”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *