Stock: Rodrigo Sperafico vence a segunda na temporada

O curitibano Rodrigo Sperafico venceu nesse domingo (28/10) a 10ª Etapa da Stock Car V8 realizada no Circuito de Tarumã (RS). Cacá Bueno, rumo ao bicampeonato terminou a etapa na 2ª colocação.

Em uma prova sem grandes emoçõs, Rodrigo Sperafico manteve a ponta com seu Volkswagem Bora nº 19, seguido por Valdeno Brito (Peugeot) e Cacá Bueno (Mitsubishi) que ultrapassaram Duda Pamplona que havia classificado seu Mitsubishi nº 23 na segunda colocação e caiu para o quarto lugar.

Logo no início da prova, Juliano Moro (Mitsubhi) rodou sozinho, chocando-se contra a barreira de pneus e perdendo várias posições.

Valdeno Brito com problemas no câmbio abandona a prova quando mantinha-se na segunda colocação depois de três voltas. Cacá Bueno assume a 2ª posição, porém não consegue aproximar-se de Sperafico.

No demais da prova, poucas ultrapassagens e basicamente uma corrida sem emoção, inclusive no bloco intermediário, onde troca de posições e toques são invevitáveis, dessa vez viu-se muito pouco para levantar os 39 mil espectadores das arquibancadas gaúchas.

Restando poucas voltas para o fim, vários carros foram obrigados a pararem nos boxes para troca do pneu dianteiro direito, devido ao algo desgaste que a pista de Tarumã proporciona. Ruben Fontes (Peugeot), Diogo Pachenki (Chevrolet) e Rubens Carrapatoso (Mitsubishi) foram vítimas da pista abrasiva gaúcha.

A seis voltas do final, Bernoldi que fazia uma corrida muito boa e mantinha-se entre os dez primeiros foi obrigado a abandonar, também com problemas no seu carro. Ricardo Zonta que vinha na 6ª posição escapou da pista indo parar na terra, conseguiu retornar porém também abandonou faltando 8 voltas.

Os carros da equipe Medley/A. Mattheis (Ricardo Maurício e Marcos Gomes) que foram punidos largando nas duas últimas colocações devido a um problema com um pneu, terminaram em 16º e 17º respectivamente, não marcando pontos.

Restando apenas duas etapas para o fim da temporada 2007 (Rio de Janeiro e São Paulo), Cacá Bueno segue rumo ao seu segundo título consecutivo, somando agora 272 pontos. Thiago Camilo que manteve-se na segunda colocação da tabela (246 pontos) conseguiu terminar a prova em 6º lugar, somando importantes pontos. Rodrigo Sperafico pulou da sexta colocação para a terceira, agora com 242.

A próxima etapa acontece em Jacarepaguá, Rio de Janeiro no dia 18 de novembro.

Confira a classificação final da prova:

1º) Rodrigo Sperafico (VB, PR), 44 voltas em 50:38.423 (média de 157,23 km/h)
2º) Cacá Bueno (ML, RJ), a 1.148
3º) Duda Pamplona (ML, RJ), a 2.107
4º) Antonio Jorge Neto (ML, SP), a 2.580
5º) Ricardo Sperafico (P3, PR), a 11.454
6º) Thiago Camilo (CA, SP), a 11.695
7º) Chico Serra (P3, SP), a 19.372
8º) Felipe Maluhy (ML, SP), a 20.043
9º) Luciano Burti (VB, SP), a 20.288
10º) Alceu Feldmann (CA, PR), a 21.406
11º) Popó Bueno (CA, RJ), a 22.665
12º) Allam Khodair (CA, SP), a 25.167
13º) Ingo Hoffmann (ML, SP), a 25.496
14º) Hoover Orsi (VB, MS), a 26.032
15º) Daniel Serra (VB, SP), a 26.444
16º) Ricardo Mauricio (CA, SP), a 26.445
17º) Marcos Gomes (CA, SP), a 26.861
18º) David Muffato (P3, PR), a 35.422
19º) Tarso Marques (ML, PR), a 47.098
20º) Giuliano Losacco (CA, SP), a 48.169
21º) Mateus Greipel (CA, SC), a 48.952
22º) Paulo Salustiano (CA, SP), a 54.296
23º) Alan Hellmeister (ML, SP), a 56.589
24º) Thiago Marques (VB, PR), a 57.287
25º) Guto Negrão (P3, SP), a 1:00.215
26º) Ruben Fontes (P3, GO), a 1 volta
27º) Nono Figueiredo (ML, SP), a 2 voltas
28º) William Starostik (ML, SP), a 3 voltas
29º) Ruben Carrapatoso (ML, SP), a 5 voltas
30º) Enrique Bernoldi (VB, PR), a 6 voltas
31º) Diogo Pachenki (CA, PR), a 8 voltas
32º) Ricardo Zonta (P3, PR), a 8 voltas
33º) Pedro Gomes (P3, SP), a 11 voltas
34º) Antonio Pizzonia (VB, AM), a 13 voltas
35º) Juliano Moro (ML, RS), a 14 voltas
36º) Julio Campos (ML, PR), a 28 voltas
37º) Valdeno Brito (P3, PB), a 41 voltas

Melhor Volta: Pedro Gomes, 1:07.572

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *