Stock: Ricardo Maurício sai em 7º e supera principais rivais no grid da segunda etapa

Com uma volta voadora na superclassificação, o paranaense Rodrigo Sperafico (Action Power) conquistou sua primeira pole na categoria e sairá na frente da segunda etapa da Stock Car. A prova será disputada neste domingo no Autódromo Internacional de Curitiba – Pinhais, a partir das 11 horas, com transmissão ao vivo da TV Globo. O paulista Ricardo Maurício (Medley) sairá em 7º e deu um grande passo para ampliar a liderança, já que os adversários que o perseguem mais de perto foram mal e partirão a partir de posições intermediárias.

Favorito depois de liderar os treinos da véspera, Thiago Camilo (Vogel/Texaco) foi surpreendido por Rodrigo Sperafico, que pulverizou a concorrência ao garantir a vantagem no primeiro trecho. Mas quem também se deu bem foi Ricardo Maurício, vencedor da etapa de abertura em Interlagos. Nono da primeira tomada classificatória, ele comemorou os resultados ao final da sessão que definiu os Top 10 que brigaram pela pole. “Em termos de campeonato, foi muito bom. Vim para o Paraná com o objetivo de conservar a liderança e acho que essa possibilidade ficou mais próxima”, analisou.

A Equipe Medley deu um grande salto em relação aos ensaios da véspera. Maurício havia completado a segunda sessão da sexta-feira em 31º, mas sabia que a bandeira vermelha nos últimos minutos – que o impediu de melhorar seu tempo – encobriu o real potencial do carro. “Usamos o mesmo acerto de ontem e só levamos um susto com o jogo de pneus que saímos dos boxes porque aparentemente havia algum problema com ele. Quando colocamos um zerinho, o carro respondeu bem”, comentou Maurício, que acompanhou o restante da tomada pelos monitores e conseguiu salvar o segundo set de pneus para a superclassificação. “Estou confiante para a corrida porque sei que meu carro está bem equilibrado”, completou.

Dos pilotos que terminaram entre os 10 primeiros em Interlagos, apenas Cacá Bueno sairá nas cinco primeiras filas em Curitiba. Ele foi o mais rápido da primeira tomada, mas caiu para quarto na segunda. Felipe Maluhy (Terra Racing), segundo colocado em São Paulo e vice-líder, levou o maior prejuízo e não passou de 29º. Daniel Serra (Red Bull) não confirmou a pole anterior e terminou em 13º. “Faltaram só dois centésimos”, lamentou o filho do tricampeão Chico Serra. Seu companheiro de equipe Hoover Orsi foi ainda pior e largará somente em 24º.

Outro destaque da abertura do calendário, Marcos Gomes (Medley) não conseguiu entrar nos Top 10 e partirá em 26º. “O acerto não estava bom e saía bastante de frente na entrada das urvas. E piorou no final dos treinos, talvez por causa do aumento da temperatura ou do emborrachamento da pista”, disse. O atual campeão da Stock Car Light quer agora completar a prova, acreditando que a regularidade ainda poderá levá-lo aos pontos concedidos aos 15 primeiros. “Será uma corrida longa e difícil, com previsão de muita gente escapando da pista. O negócio é evitar as confusões, guiar com cuidado e chegar até à bandeirada”, explicou. Guto Negrão, da equipe irmã Vivanz 307 Racing, foi o 32º. “O carro até que melhorou com a troca do motor, mas continua desequilibrado”, resumiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *