Stock: ‘Só a vitória interessa’, diz Rodrigo Sperafico

Piloto da Genéricos Biosintética Stock Car busca conquista inédita em sua carreira. Enrique Bernoldi, seu companheiro de equipe, quer subir no pódio pela terceira vez na temporada.

“Só a vitória interessa para continuarmos na disputa pelo título”, é o que afirma o piloto da Genéricos Biosintética Stock Car, Rodrigo Sperafico, referindo-se à 11ª e penúltima etapa do ano que acontece neste domingo (18), no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro (RJ).


O paranaense, terceiro colocado na tabela, com 242 pontos, é um dos quatro sobreviventes na disputa pelo título. Para garantir a taça, Sperafico terá de superar Cacá Bueno, líder do campeonato, que está 30 pontos à sua frente, e o vice-líder, Thiago Camilo, que possui uma vantagem de 25 pontos. Atrás de Rodrigo e com chances mais remotas está Felipe Maluhy, com 227.


“Buscarei repetir a vitória conquistada em Tarumã (RS) para não depender do resultado dos meus concorrentes. É importante entrar bem na pista já desde os treinos livres e depois é preciso ficar atento às condições do traçado”, afirmou o paranaense nascido na cidade de Toledo.


Faltou pouco para Enrique Bernoldi, também da Biosintética Stock Car, conquistar mais um bom resultado na última corrida disputada no circuito gaúcho. No Rio, o curitibano espera não enfrentar problemas com o carro e voltar à 11ª posição.


“Acredito que tenho bastante chance de voltar a liderar a ‘Série B’ da Stock”, brincou Bernoldi, e completou: “Para isso, terei que ter um bom carro e fazer uma prova para chegar ao pódio já que há uma forte concorrência”, comentou o piloto que figura na 12ª posição, com 47.


Em 2006 o Autódromo de Jacarepaguá passou por uma grande reforma para a realização dos Jogos Pan-Americanos. Agora, a pista conta com apenas 3.336 metros, ficou mais estreita e possui somente uma curva de alta, seguida por outra bem fechada.


Diferente de muitos pilotos da categoria que desaprovaram a mudança, Sperafico diz que prefere o novo traçado. “Mesmo com a diminuição, gosto muito mais do circuito como ele é hoje. Acho que no antigo as corridas eram monótonas”, explicou.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *