Stock: Sorocabano Átila Abreu é o mais jovem piloto da Stock Car

Com apenas 20 anos de idade, o piloto vai ser adversário do campeoníssimo Ingo Hoffmann, 55 anos.

A nata do automobilismo nacional está reunida na Copa Nextel Stock Car, principal categoria do esporte a motor no Brasil. Mais de 30 pilotos iniciam a temporada com o sonho de se tornar o grande campeão ao fim das 12 corridas do calendário. E mesmo com tanta gente boa e experiente, alguns jovens talentos já começam a se sobressair. É o caso do sorocabano Átila Abreu (Joy Kids Wear/OTG), que com apenas 20 anos de idade é o piloto mais jovem da Stock e vai competir pela JF Racing, uma das principais equipes do certame. “Eu me sinto privilegiado. Tem muita gente que tem a minha idade e gostaria de estar aqui. Estou bem animado e cheio de vontade para enfrentar nas pistas pilotos que eu sempre admirei”, conta. A temporada começa neste fim de semana (11-13/4) no Autódromo de Interlagos, zona sul de São Paulo.


Apesar de ser o competidor mais novo da categoria, Átila Abreu possuiu um currículo com excelentes resultados no kart e uma boa experiência em outras categorias na Europa. “Essa experiência que estou tendo aqui é única. Ainda tenho muito chão pela frente e preciso agarrar essa oportunidade muito bem”, avalia. O jovem piloto também vê com bons olhos essa mistura de gerações dentro da Stock Car. “A renovação é inevitável. Nós que somos mais novos podemos aprender bastante com os mais experientes. E a disputa é sempre boa. Nós entramos cheios de vontade e os mais velhos usam toda a sua técnica e experiência para mostrarem que continuam competitivos”, explica.


Para se ter uma idéia da diferença de gerações na Stock Car, quando Átila nasceu em 1987, Ingo Hoffmann (Agecom/Sascar/3M), o mais experiente da categoria com 55 anos de idade e 36 de automobilismo, já competia há 15 anos, com passagens pela Europa e pela Fórmula 1, além de ter disputado oito temporadas da Stock Car, com dois títulos conquistados. Já quando Átila estreou no kart, em 1996, Ingo já tinha nove títulos da Stock na bagagem. “É muito legal concorrer com um cara tão experiente como o Ingo, que além de ser competitivo e brigar por títulos, tem muito a nos ensinar. Eu sei que ainda tenho que comer muito arroz e feijão com limão para chegar aonde ele chegou”, brinca o representante da Joy Kids Wear/OTG sobre seu prato predileto.


Os dois pilotos se encontraram nesta quinta-feira (10/4) em Interlagos, num momento de bastante descontração. “É o encontro entre o mais velho e o meninão da Stock Car”, falou Ingo. Átila tentou defender o companheiro de pistas dizendo que ele não era velho, mas na verdade experiente. “É o piloto mais velho mesmo”, brincou o veterano da AMG Motorsport. Ingo Hoffmann parte para a sua 30ª temporada na Stock Car, em busca de seu 13º título.


Mesma com a pouca idade, esta não será a primeira vez que o sorocabano vai andar na Stock Car. Nos últimos dois anos Átila disputou cinco corridas na categoria. Seus bons desempenhos somados à boa bagagem que carrega no automobilismo garantiram a ele uma vaga bastante cobiçada na JF Racing. “É um motivo de orgulho esse reconhecimento do meu trabalho e a conquista da confiança do Jorge Freitas, um dos mais competentes chefes de equipe da categoria, principalmente porque após o kart fiz minha carreira no exterior. Isso me dá ainda mais confiança em mostrar meu talento, fazer um bom trabalho com o time e lutar já por vitórias”, finaliza o piloto da equipe sediada em Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *