Stock: Stock Car antecipa fim dos testes de pré-temporada

Categoria cancela último treino e recolhe motores para ajustes técnicos.

Terminou antes do programado a única bateria de testes de pré-temporada da Stock Car em Interlagos. Depois do shakedown da véspera, quando várias equipes reportaram problemas com os novos motores V8, os organizadores decidiram cancelar os testes da tarde desta terça-feira para submetê-los a ajustes técnicos ao constatar que eles persistiram nos ensaios matinais de hoje. Agora, os carros só voltarão à pista nos treinos da prova de abertura do campeonato, marcada para dia 28 no autódromo paulistano.
Apesar do contratempo, os testes acabaram sendo úteis, já que equipes e pilotos começaram a adaptação à nova geração de pneus Goodyear. Como esperado, em função do ganho de potência de 40 cavalos em relação aos motores de 480 HP que vinham sendo utilizados até o ano passado, os tempos caíram acentuadamente. A melhor volta destes dois dias, estabelecida hoje por Max Wilson (RC) em 1:37.471, se transformou em novo recorde extra-oficial. 
Nos boxes da Equipe Medley, o dia foi considerado proveitoso pelo piloto Xandinho Negrão e pelo engenheiro Thiago Meneghel. “Acho que já conseguimos um bom ponto de partida para os treinos da sexta-feira da corrida, embora ainda tenhamos de melhorar o comportamento do carro nas freadas em algumas curvas do circuito”, explicou Meneghel, que trabalhou diretamente com os dois últimos campeões, Cacá Bueno em 2009 e Ricardo Maurício em 2008.
Xandinho, que desde o contato inicial já se rendera às qualidades do novo motor equipado com injeção eletrônica, estendeu os elogios também aos pneus. “Parecem mais constantes e fáceis de trabalhar. À medida que a gente pegar mais a mão e ganhar confiança neles, os tempos de volta aqui em Interlagos baixarão de três a quatro décimo. O restante virá na evolução do acerto do carro”, previu.
Com um set de pneus novos, Xandinho registrou o 11º tempo – 1:37.980 – da sessão, mas lembrou que a marca cairia ao menos dois décimos na segunda volta boa se não tivesse abusado sobre uma zebra. Além disso, relatou uma falhação do motor na Curva do Sol. “É mais provável que tenha sido algo relacionado ao pescador de combustível”, disse Meneghel, que deverá proceder nos próximos dias, nas oficinas da equipe em Petrópolis (RJ), a uma análise meticulosa dos dados coletados nestes dois dias.
Os melhores em Interlagos:
1 – Max Wilson, 1min37s471
2 – Allam Khodair, 1min37s474
3 – Felipe Maluhy, 1min37s526
4 – Allan Helmeister, 1min37s619
5 – Marcos Gomes, 1min37s636
6 – Cacá Bueno, 1min37s652
7 – Júlio Campos, 1min37s667
8 – Thiago Camilo, 1min37s772
9 – Átila Abreu, 1min37s797
10 – Valdeno Brito, 1min37s904
11 – Xandinho Negrão, 1min37s980
12 – David Muffato, 1min38s133

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *