Stock: Stock Car deverá ficar dois segundos mais rápida em 2010

Previsão é de engenheiro bicampeão, que elogia novos pneus.

A Stock Car deverá ser neste ano em média dois segundos mais rápida que em 2009. A previsão otimista é do engenheiro Thiago Meneghel, responsável pelo carro de Xandinho Negrão na Equipe Medley e atual bicampeão da principal categoria do automobilismo nacional depois de trabalhar ao lado de Ricardo Maurício em 2008 e Cacá Bueno em 2009. “Vai depender basicamente do tamanho das pistas. Nas mais curtas, por exemplo, o ganho de tempo ficará em torno de um segundo. Nas outras, será maior”, estimou.
Meneghel admite que os dois dias de testes coletivos do início do mês em Interlagos, truncados pelas panes nos motores que causaram até o encerramento prematuro dos ensaios, não permitiram uma conclusão definitiva. “Verificamos um ganho de 10 quilômetros na velocidade final. Mas é claro que os tempos cairão mais depois que os carros estiverem com os problemas sanados e mais desenvolvidos”, observou.
O calendário da Stock Car será aberto dia 28 em São Paulo. A Medley aguarda a chegada dos motores à sede da equipe em Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro. Eles foram levados para a oficina da JL, responsável pela manutenção dos V8 usados na Stock Car, para os reparos exigidos pelas quebras em Interlagos. “A bomba de óleo foi modificada e o defeito não deve se repetir. No entanto, vamos ter de conferir tudo na próxima semana. Estamos aguardando a confirmação de um treino extra na quinta-feira, antes da abertura da programação oficial. Afinal, esse motor, que tem aproximadamente 40 cavalos a mais que os 480 do anterior, andou muito pouco e não foi testado como deveria.”
Meneghel disse que a curta pré-temporada foi frustrante. “Não completamos nem 30% da nossa programação. Por isso, trabalhamos muito menos no acerto do carro do que esperávamos. Mesmo assim, foi possível tirar lições positivas. Uma boa surpresa foi o rendimento dos pneus. Ele está mais rápido do que pensávamos. Pena que não tenha sido possível avaliar o desgaste por causa do reduzido tempo de pista. A parte eletrônica do motor também funcionou a contento”, continuou.
Depois das vitoriosas campanhas com Maurício e Cacá, o engenheiro aprovou o início de atividades com Xandinho Negrão, que iniciará sua segunda temporada na Stock Car. “Esta é a primeira vez que estamos trabalhando juntos, mas o conhecia desde o ano passado porque já estávamos na mesma organização comandada pelo Andreas Mattheis. Ele tem um comprometimento grande, é dedicado, gosta de fuçar na telemetria e é tranqüilo de dialogar. Acho que temos tudo para fazer um bom campeonato juntos”, afirmou Meneghel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *