Stock: Toque de Juliano Moro prejudica prova de Khodair

Piloto paulista vinha fazendo uma prova para marcar pontos em Campo Grande, até ser atingido na traseira por Juliano Moro.


A terceira etapa da Copa Nextel Stock Car, realizada neste domingo (03/06) no Autódromo Orlando Moura, em Campo Grande (MS), foi uma corrida para ser esquecida pelo piloto paulista Allam Khodair, da equipe Boettger Competições. Terceiro colocado na etapa anterior, realizada em Curitiba, Allam havia chegado à capital sul-mato-grossense em sétimo na classificação geral do campeonato, e começou os treinos livres cumprindo seu objetivo de andar entre os dez mais rápidos da categoria.

Mas, depois de enfrentar problemas no treino classificação que o fizeram largar apenas em 20º, ele partiu para uma prova de recuperação e sofreu as conseqüências de largar no meio do grid: logo nas primeiras voltas, recebeu um forte toque na traseira de Juliano Moro, o que provocou uma queda ainda maior no rendimento em seu carro.

“Eu não tinha um carro verdadeiramente rápido nessa prova, mas poderia ter certamente marcado mais alguns pontos, o que teria sido importante para o campeonato”, ressaltou Khodair, que caiu para a 12ª posição na tabela, mas segue na disputa por uma vaga nos playoffs. “Depois do toque, no entanto, meu carro ficou impossível de guiar. Parecia que eu estava pilotando na chuva com pneus slick”, acrescentou.

A vitória na corrida deste domingo da Copa Nextel Stock Car ficou com o paranaense Tarso Marques, que ganhou pela segunda vez na categoria. Thiago Camilo, em segundo, e Marcos Gomes, em terceiro, completaram o pódio. Com esse resultado, Camilo assumiu a liderança da competição com 40 pontos. A próxima etapa do campeonato será realizada no dia 17 de junho, em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *