Stock: Vistoria nos motores confirma causa do abandono de Ricardo Maurício em Curitiba

Em comunicado distribuído às equipes na tarde de ontem, empresa responsável pelo propulsores constatou a quebra da correia do alternador do carro 90, que causou a interrupção na recarga da bateria e, conseqüentemente, o mau funcionamento da direção hidráulica.

A Katalogo Racing já havia constatado, mas o comunicado oficial distribuído ontem pela ZF Racing às equipes confirmou: o motivo do abandono do piloto Ricardo Maurício na etapa de Curitiba, no último fim de semana, foi a quebra da correia do alternador, item que acompanha o motor e é responsável pela recarga de energia na bateria do carro.

Segundo a ZF, a correia havia sido trocada na revisão dos motores e, por esse motivo, foi enviada para análise. “O sistema de aquisição de dados instalado no carro do Ricardo constatou baixa na voltagem da bateria a partir da quinta volta da prova. Nesse momento ele começou a perder rendimento e, poucas voltas depois, teve que abandonar porque a direção hidráulica parou de funcionar por falta de energia”, explicou Fernando Parra, chefe da equipe.

Um dos destaques da corrida, Maurício havia largado na 42ª e última posição e já estava em 14º quando abandonou, após apenas 15 das 32 voltas da prova. Por esse motivo, apesar do problema que o tirou da disputa, o piloto ressaltou a boa fase que a travessa a equipe e o clima de otimismo em relação ao campeonato. “Tínhamos um carro muito rápido e consistente. Faltou um pouco de sorte, mas esse tipo de coisa acontece no automobilismo. Às vezes, peças que custam R$ 20,00, como é o caso dessa correia, prejudicam o trabalho de todo o fim de semana. Mas todos estão sujeitos a isso”, analisou.

Fernando Parra também ressaltou o bom desempenho de Ruben Carrapatoso, campeão mundial de kart que faz sua primeira temporada na Stock Car pela Katalogo Racing. Ele estava uma posição atrás de Ricardo Maurício quando ambos abandonaram na 15ª passagem. “O Rubinho está se adaptando rápido e poderia ter até mesmo disputado a superclassificação para essa etapa, mas teve um problema de falhação no motor justamente no último treino classificatório. Na corrida ele vinha muito bem e já estava na zona de pontos. Todo indica que ele fará uma grande temporada de estréia”, acredita Parra.

A Katalogo Racing já se prepara para a terceira etapa do campeonato, que será realizada daqui a duas semanas em Campo Grande, e o clima na equipe é positivo também pelo bom resultado obtido por Fernanda Parra, que voltou a marcar pontos em sua segunda corrida na Stock Car Light. Ela terminou a prova de Curitiba na 12ª colocação e tem agora cinco pontos no campeonato. “Fiz um corrida cautelosa e acho até que poderia ter brigado pela décima posição, mas com já estava marcando pontos preferi não arriscar”, declarou a piloto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *