Stock: William Starostik termina em 12º. Xandinho abandona

O paulista Ricardo Maurício (RC) sepultou neste domingo no Autódromo Internacional de Curitiba uma crença longamente arraigada na Stock Car: a de que as chances de vitória na categoria estão quase exclusivamente limitadas a quem parte no máximo da segunda fila. Mesmo saindo apenas em 14º no anel externo de raríssimos pontos de ultrapassagem e contando com uma única entrada do safety car, o atual campeão se tornou o nono ganhador diferente com uma exibição de gala na nona etapa, que marcou o início dos playoffs decisivos. Foi a primeira vitória de Maurício na temporada e a primeira pela RC, já que as seis anteriores foram todas conquistadas pela Medley, por onde correu em 2007 e 2008.

Para a Equipe Medley, o consolo foram o 12º lugar e os quatro pontos coletados por William Starostik. Com a barra de direção quebrada e queixando-se do fraco rendimento em retas nas primeiras voltas, Xandinho acompanhou o restante da prova dos boxes. “Estava todo mundo me passando. Meu ritmo de volta era consistente, mas nas retas não conseguia segurar ninguém nem usando o recurso do nitro”, explicou Starostik. Xandinho também não encontrava uma razão para o funcionamento irregular do motor. “Depois da quinta volta, ele voltou a dar uma acendida, mas infelizmente a barra de direção quebrou.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *