Stock: Xandinho garante presença na etapa de Curitiba

Piloto campineiro entra na pista nos primeiros treinos com os novos pneus

Menos de um mês depois do grave acidente nos ensaios livres em Piracicaba (SP), Xandinho Negrão estará de volta ao cockpit do Stock Car da Equipe Medley/Full Time Sports nesta sexta-feira. O piloto campineiro foi examinado pelo médico oficial da categoria, dr. Dino Altmann, e liberado para entrar na pista durante os treinos livres da abertura da temporada no Autódromo Internacional de Curitiba-Pinhais. “Fisicamente, Xandinho está apto a ter uma participação mínima na etapa, embora a fratura do ombro esquerdo ainda não esteja totalmente consolidada”, explicou Altmann, admitindo a possibilidade de Xandinho abreviar sua presença na corrida de domingo.

O acidente com Xandinho no circuito do interior paulista aconteceu no dia 23 de fevereiro e foi causado por uma falha no sistema de freios. Além da fratura da clavícula esquerda, Xandinho quebrou também o dedinho da mão esquerda e contundiu os cotovelos. Na avaliação realizada nesta tarde no autódromo, Altmann ficou satisfeito com a evolução do quadro. “A mão desinchou bastante em relação ao exame da semana passada”, observou.

Xandinho chegou ao autódromo para o encontro com Altmann e as primeiras reuniões técnicas com a nova equipe dirigida por Maurício Ferreira – correu pela organização comandada por Andreas Mattheis nas duas temporadas anteriores – com uma bolinha de borracha que pressionava o tempo todo para estimular os movimentos da mão esquerda. Como os treinos livres da manhã ainda serão realizados com os pneus de 2010, Xandinho preferiu esperar pelo primeiro treinamento da tarde para manter o primeiro contato com o carro inteiramente novo – o de Piracicaba ficou destruído. “Quero andar até para saber das minhas reais condições”, afirmou o piloto.

O dia será de intensas atividades na pista paranaense, já que os carros do Campeonato Mundial de Turismo – FIA WTCC e do Mini Challenge também promoverão os treinos iniciais. Ao todo, a Stock Car realizará três sessões de treinos livres com duração de 50 minutos cada – uma delas reunindo todos os 32 carros e nas demais divididos em dois grupos. As tomadas classificatórias serão disputadas sábado já com o novo formato, que reduziu de três para duas o número de sessões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *