Treino classificatório representa desafio para Jaime Melo em Sebring Início do desenvolvimento da Fe

Treino classificatório representa desafio para Jaime Melo em Sebring
Início do desenvolvimento da Ferrari F458 Italia em competições torna modestas as perspectivas da quarta vitória

Jaime Melo vai disputar neste sábado (19), pelo sexto ano consecutivo, as 12 Horas de Sebring. A corrida na Flórida abre a temporada de 2011 da American Le Mans Series e também da Intercontinental Le Mans Cup. O bom retrospecto do piloto brasileiro na corrida contrasta, nesta 59ª edição, com o momento vivido pela Risi Competizione, uma das que utilizam carros da Ferrari, no desenvolvimento do novo modelo F458 Italia, que faz sua estreia nas pistas.

“Fizemos vários testes desde o fim do ano passado até agora, mas claro que há muito ainda a desenvolver”, observa o piloto de 30 anos. Ele vai participar da corrida de sábado tendo como parceiros os finlandeses Toni Vilander e Mika Salo. O começo do trabalho em Sebring foi pouco animador. “Tivemos problemas com os freios e com o acerto de suspensão”, lembra o brasileiro, sobre os treinos preparatórios realizados na segunda-feira (14).

No dia seguinte, segundo Melo, os resultados práticos foram positivos. “O carro esteve bem melhor. Agora vamos aproveitar e tentar melhorar um pouquinho mais nos últimos treinos livres”, espera. A programação do evento prevê os treinos livres finais distribuídos em sessões nesta quinta (17) e na sexta-feira (18). O grid, que terá 56 carros nas cinco categorias, terá suas posições definidas nas tomadas de tempos marcadas para a partir das 16h de Brasília.

Os pilotos da Risi mostram ciência das limitações que o momento impõe. “É o início de uma era na história de corridas de longa duração da Ferrari. O novo carro é um carro para muitas vitórias e títulos, mas não podemos e nem devemos esperar isso logo de cara. Esperar uma vitória aqui, logo na estreia, seria abusar do otimismo. Se a gente chegar ao final da corrida, com um carro que teve pouco desenvolvimento por ser novo, vai ser um grande resultado”, considera.

A primeira participação de Jaime Melo nas 12 Horas de Sebring deu-se em 2006. Largando em segundo na classe GT, o brasileiro terminou a corrida em terceiro, tendo como parceiros o alemão Ralf Kelleners e o americano Anthony Lazarro. Em 2007, correndo ao lado do inglês Johnny Mowlen e do finlandês Mika Salo, Melo conquistou a pole, mas teve de largar em último como consequência de uma irregularidade. Ainda assim, venceu a corrida.

A conquista de 2007 foi um dos momentos históricos na carreira do piloto brasileiro. Depois de 12 horas de corrida, a primeira posição da classe GT acabou decidida na última volta, em um duelo memorável com Jorg Bergmeister, piloto do Porsche da Flying Lizard Motorsports. O alemão assumiu a liderança na metade da volta decisiva, já sob os fogos de artifício comemorativos; o brasileiro retomou-a a poucos metros de receber a bandeira quadriculada.

Melo voltou a ser pole das 12 Horas em 2008, mas acabou abandonando a corrida depois de ter o carro atingido por um piloto de outra categoria. Correu ao lado de Salo e do italiano Gianmaria Bruni. A segunda vitória foi conquistada em 2009, quando teve Salo e o alemão Pierre Kaffer como parceiros. No ano passado o brasileiro comemorou sua terceira vitória – também a terceira da Risi – na prova, revezando a pilotagem com Bruni e Kaffer.
A largada para as 12 Horas de Sebring, no sábado, será dada às 11h30 de Brasília. O Speed Channel vai transmitir a corrida ao vivo para o Brasil, desde as 11h até as 15h, quando haverá uma interrupção para a exibição da Nationwide Series, subdivisão da Nascar. A primeira etapa da American Le Mans e da Intercontinental Le Mans Cup será retomada pelo canal por volta das 17h30 é será mantida no ar até momentos depois da bandeirada final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *