Super GT: João Paulo de Oliveira abandona em Suzuka

Brasileiro que liderou as três primeiras etapas, caiu para sétimo no campeonato

 

O brasileiro João Paulo de Oliveira abandonou a sexta etapa do Campeonato Japonês de Super GT, disputada neste domingo (23/8) no Japão. Quando ocupava a quarta posição nos 700 Km de Suzuka, que poderia recolocá-lo na liderança do certame, uma improvável quebra da ignição do Nissan GT-R destruiu os seus planos. “Uma pena, pois hoje era dia de retomar a liderança. Pela corrida que fazia merecíamos, mas paciência!”, desabafou.

 

A vitória depois de 121 voltas ficou com os japoneses Hiroaki Ishiura/Kazuya Oshima, com Lexus SC 430, que haviam largado da pole position. A liderança do campeonato é de do japonês Satoshi Motoyama, com Nissan GT-R, que soma 48 pontos. A dupla João Paulo de Oliveira (BRA)/Seiji Ara (JAP), com Nissan GT-R, que liderou o primeiro terço do campeonato, agora passa a ocupar a sétima posição, com 37 pontos.

 

Depois de largar da décima posição, João Paulo veio fazendo várias ultrapassagens até alcançar o quarto posto. “O carro estava bom. No warmup, fomos o terceiro mais rápido”, comentou o brasileiro. Na 85ª volta o ‘Safety Car’ interrompeu momentaneamente a prova, obrigando todos os competidores a encostarem-se à reta da bandeirada e desligarem os motores.

 

Quando foi anunciado o reinício da competição, simplesmente a ignição do Nissan de Oliveira queimou e o motor não deu partida. “Que pena! Fazia uma corridaça, com C maiúsculo. Porém, a sorte resolveu não estar ao meu lado. Esse é um dos ‘desprazeres’ do automobilismo”, lamentou. “Fazer o que? Cabeça pra cima e vamos pra próxima!”, continuou. “O sentimento de trabalho bem feito sempre supera o mau resultado. Estou muito feliz pela minha atuação na corrida, apesar do resultado negativo”, encerrou.

 

A próxima etapa do mais importante campeonato de carros esportivos do Oriente vai ser dia 13 de setembro, em Fuji, no Japão.

 

Os dez primeiros nos 700 Km de Suzuka foram:

 

1) Hiroaki Ishiura (JAP)/Kazuya Oshima (JAP), Lexus SC 430 (B), 121 voltas em 4h16min02s744;

2) Ronnie Quintarelli (ITA)/Hironobu Yasuda (JAP), Nissan GT-R (M), a 10s681;

3) Richard Lyons (IRL)/Yuji Tachikawa (JAP), Lexus SC 430 (B), a 18s450;

4) Ryo Michigami (JAP)/Takashi Kogure (JAP), Honda NSX (B), a 20s928;

5) Sebastian Philippe (FRA)/Matsuda Tsugio (JAP), Nissan GT-R (B), a 36s905;

6) Michael Krumm (ALE)/Satoshi Motoyama (JAP), Nissan GT-R (B), a 37s189;

7) Andre Couto (POR)/Hohei Hirate (JAP), Lexus SC430 (D), a 49s525;

8) Andre Lotterer (ALE)/Jyuichi Wakisaka (JAP), Lexus SC430 (B), 1min00s967;

9) Yuji Ide (JAP)/Shinya Hosokawa (JAP), Honda NSX (B), a 1min44s360;

10) Toshihiro Kaneishi (JAP)/Koudai Tsukakoshi (JAP), Honda NSX (B), a 1 volta.

 

Esta é a classificação da Super GT após seis etapas:

 

1) Satoshi Motoyama (JAP), Nissan GT-R (B), 48;

2) Benoit Treluyer (FRA), Nissan GT-R (B), 43;

3) Andre Lotterer (ALE)/Jyuichi Wakisaka (JAP), Lexus SC430 (B), 42;

4) Ronnie Quintarelli (ITA)/Hironobu Yasuda (JAP), Nissan GT-R (M), 41;

5) Ryo Michigami (JAP)/Takashi Kogure (JAP), Honda NSX (B), 40;

5) Richard Lyons (IRL)/Yuji Tachikawa (JAP), Lexus SC 430 (B), 40;

7) João Paulo de Oliveira (BRA)/Seiji Ara (JAP), Nissan GT-R (Y), 37;

8) Hiroaki Ishiura (JAP)/Kazuya Oshima (JAP), Lexus SC 430 (B), 34;

9) Ralph Firman (GBR)/Takuya Izawa (JAP), Honda NSX (B), 33;

10) Toshihiro Kaneishi (JAP)/Koudai Tsukakoshi (JAP), Honda NSX (B), 32;

11) Sebastian Philippe (FRA)/Matsuda Tsugio (JAP), Nissan GT-R (B), 32;

12) Yuji Ide (JAP)/Shinya Hosokawa (JAP), Honda NSX (B), 21;

12) Andre Couto (POR)/Hohei Hirate (JAP), Lexus SC430 (D), 21;

14) Bjorn Wirdheim (SUE)/Daisuke Ito (JAP), Lexus SC 430 (B), 20;

15) Loic Duval (FRA)/Yuki Nakayama (JAP), Honda NSX (D), 9.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *