Super GT: João Paulo de Oliveira renova com a Nissan para a temporada de 2008

A montadora japonesa promete brigar pelo título com o remodelado GT-R.

Buscando mais um ano de sucesso no automobilismo internacional, o brasileiro João Paulo de Oliveira acertou sua renovação com a Nissan para a temporada 2008 do Campeonato Japonês de Super GT, a principal categoria de Gran Turismo do Oriente. Após conquistar em 2007 sua primeira vitória no certame, o piloto de 26 anos está com boas perspectivas para a disputa deste ano. “Já conheço melhor o meu companheiro e estou ainda mais entrosado com todos na equipe. Estou bastante esperançoso para esta temporada”, afirma o paulista.


 


João Paulo de Oliveira vai para a sua terceira temporada na Super GT, sempre em parceria com a Nissan. Ele divide pelo segundo ano seguido o cockpit com o japonês Seiji Ara, veterano de cinco temporadas na categoria e vencedor das tradicionais 24 horas de Le Mans. “Nós evoluímos durante cada etapa do ano passado. Conquistamos a vitória na Malásia e em 2008 vamos partir para mais resultados expressivos”, explica. Pelo regulamento da competição, cada piloto tem um número mínimo de voltas para percorrer durante as corridas. “Por isso é tão importante a dupla estar em sintonia”, lembra JP, como ele é conhecido na Terra do Sol Nascente.


 


A principal novidade da Nissan é a volta do GT-R, depois de cinco anos de ausência. O remodelado carro de 2008, que substitui o Fairlady Z, é a esperança da fábrica japonesa para conquistar o título este ano. “Nós almejamos nada menos do que a vitória na corrida de estréia e os títulos por equipes e pilotos. Nós sentimos que é nossa obrigação, e claramente o que os fãs desejam”, ressaltou Kunihiko Kakimoto, gerente geral das equipes da montadora.


 


Os conceitos mais desenvolvidos no GT-R 2008 foram a diminuição do centro de gravidade, a otimização da distribuição de peso através de componentes mais leves e o comportamento do bólido nas entradas de curvas. “A velocidade em curvas aumentou e a resposta do carro está melhor. Nós queremos proporcionar entusiasmo aos pilotos e aos fãs. Pretendemos mexer com o público e criar batalhas que impressionem nossos rivais”, completou Kakimoto. O dirigente garante que a pressão aerodinâmica e o consumo de combustível também foram melhorados.


 


Outra característica marcante do novo GT-R é o teto refletivo. Essa tecnologia reflete a luz solar incidente no teto e diminuiu a temperatura do interior do carro, amenizando o desgaste físico dos pilotos durante as provas. “Estou ansioso para a estréia do carro, pois por enquanto nos testes o carro vem se comportando muito bem. Acho que temos boas chances de sermos mais consistentes que no ano passado”, anseia João Paulo, titular da Kondo Racing. Sua equipe será a única da Nissan que vai utilizar os pneus Yokohama em 2008. “É uma dificuldade muito grande você ter que desenvolver o pneu em um carro contra uma outra montadora que pode testar o pneu em 13 carros. Isso já nos deixa bastante defasados. Porem acredito que estamos um pouco mais próximos do que no ano passado”, conclui.


 


A temporada da Super GT terá nove etapas nos principais circuitos japoneses e na Malásia. As provas variam entre 300km, 500km e 1000km de duração. A primeira sessão de testes oficiais preparatórios acontece no renomado autódromo de Suzuka, nos dias 29/02 e 01/03. A corrida inaugural será também em Suzuka, no dia 16/03.


 


Confira o calendário 2008 do Campeonato Japonês de Super GT:


 


16/03 – Suzuka Circuit (300 km)


13/04 – Okayama International Circuit (300 km)


04/05 – Fuji Speedway (500 km)


22/06 – Sepang (Malásia) (300 km)


27/07 – Sportsland Sugo (300 km)


24/08 – Suzuka Circuit (1000 km)


14/09 – Twin Ring Motegi (300 km)


19/10 – Autopolis (300 km)


09/11 – Fuji Speedway (300 km)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *