Super Kart Brasil: Terceira edição completa primeira fase de corridas em Interlagos

Troféu Gustavo Sondermann começa com vitórias de João Guim, André Nicastro, Fernando Croce, Bruno Bertoncello e Danilo Dirani

O feriado de Páscoa não teve folga para os pilotos que disputam a terceira edição do Super Kart Brasil, que termina neste sábado (22) no kartódromo de Interlagos, em São Paulo.

Em uma manhã de céu aberto e temperatura na casa dos 29ºC, o SKB 03 teve sua primeira série de tomadas de tempo e as primeiras corridas do final de semana. Cinco categorias estiveram na pista: na AMF Super Cadete, o atual campeão João Pedro Guim começa o final de semana exatamente como terminou o SKB 02: na frente.

Campeão invicto da edição de janeiro, Guim fez a pole-position e liderou a corrida de ponta a ponta, cruzando a linha de chegada exatamente um segundo à frente de Juan Crespi Neto. Mas, em razão de uma irregularidade na interpretação do regulamento por parte de 100% das equipes, todo o grid da categoria acabou sendo desclassificado da primeira bateria.

A corrida da Itaipava Graduados teve 11 títulos brasileiros de kart nas três primeiras posições. André Nicastro, tetracampeão nacional, venceu após uma intensa disputa com Ruben Carrapatoso, dono de um título Brasileiro. Os dois foram seguidos por Sérgio Jimenez, hexacampeão brasileiro.

Na MG Tires Sénior foi Fernando Gomes Croce quem venceu, mantendo o domínio que já tinha imposto na tomada de tempos. Fernando Croce, pai do vencedor, completou a corrida em segundo e o gaúcho Dudu Dieter. Entre os juniores, vitória de Bruno Bertoncello, com Vinícius Paparelli em segundo e Vítor Baptista em terceiro.

Na principal categoria do Super Kart Brasil, a Stock AIG Shifter Kart, Danilo Dirani fez a pole-position e venceu, mas lembrou que a disputa pelo título está totalmente aberta.

“Acho que nenhum piloto ainda encontrou o acerto ideal do kart. Mesmo tendo feito a pole e liderado a corrida inteira, ainda não me sinto confortável no kart. Temos muito o que melhorar no acerto para as condições da pista”, destacou Dirani, lembrando que o SKB 03 utiliza o sentido inverso do traçado de Interlagos.

Ainda na Shifter, a segunda posição ficou com o piloto da Copa Montana Galid Osman, que aproveita o evento para homenagear Gustavo Sondermann – que também batiza o SKB 03 – falecido há duas semanas em um acidente no autódromo paulista.

“Estou correndo o SKB aproveitando a folga no calendário da Copa Montana para manter o preparo físico, e essa homenagem ao Gustavo é o mínimo que eu posso fazer pela saudade de um grande amigo”, comentou Osman, que exibe a mensagem “Valeu, Sondermann”, na carenagem de seu kart.

O Super Kart Brasil tem mais uma série de provas a partir das 13h30 desta sexta-feira em Interlagos. O evento se encerra neste sábado (23) com mais duas corridas que definem os campeões de cada categoria. Confira abaixo como terminou a primeira bateria de cada classe no SKB:

Super Cadete – 1ª Prova
1) João Guim, (10 voltas) 9:20.044
2) Juan Crespi Nt, a 1.000
3) João Vitor Rosate, a 1.211
4) Eugen Gotze, a 4.798
5) Felipe Drugovich, a 6.347
6) Pedro Cardoso, a 7.386
7) Hamzi Barakat, a 11.403
8) Augusto Santillan, a 18.312
9) Pedro Campos, a 18.482
10) Arthur Leist, a 4 voltas
11) Gregory Diegues, a 8 voltas

Graduados – 1ª Prova
1) André Nicastro, (13 voltas) 11:14.250
2) Ruben Carrapatoso, a .629
3) Sergio Jimenez, a .840
4) Matheus Porto, a 1.466
5) João Archer, a 2.058
6) Victor Caliman, a 3.463
7) Yago Cesario, a 4.308
8) Eurico Tavares, a 8.857
9) Gustavo Lima, a 9.095
10) Victor Franzoni, a 9.370
11) Rafael Ferreira, a 9.778
12) Ricardo Landucci, a 11.994
13) Carlos Lopes, a 22.512
14) Rodrigo Elger, a 1 volta
15) Renato Turelli, a 9 voltas
16) Emilio Gotze, a 10 voltas

Sênior – 1ª Prova
1) Fernando Gomes Croce, (12 voltas) 10:29.035
2) Fernando Croce, a 5.579
3) Dudu Dieter, a 7.994
4) Antonio Ventre, a 10.959
5) Daniel Croce, a 11.236
6) Maique Paparelli, a 11.481
7) Marcelo Meneghel, a 13.242
8) Jorge Borelli, a 19.050
9) Diogo Zucarelli, a 2 voltas
10) Ussama Ferdinian, a 8 voltas
11) Renato Russo, a 11 voltas
12) João Resegue, a 8 voltas

Júnior – 1ª Prova
1) Bruno Bertoncello, (12 voltas) 10:41.242
2) Vinicius Papareli, a .627
3) Vitor Baptista, a 2.532
4) Leonardo Gimenes, a 2.798
5) Gabriel Sereia, a 4.225
6) Giuliano Raucci, a 6.035
7) Renato Junior, a 7.207
8) Yurik Carvalho, a 7.525
9) Gabriel Nascimento, a 7.980
10) Gabriel Fernandes, a 8.526
11) Igor Melo, a 11.948
12) Gabriel Robe, a 12.360
13) Leonardo Raucci, a 12.812
14) José Augusto, a 17.556
15) José Fortunato, a 3 voltas
16) Victor Miranda, a 6 voltas
17) Matheus Leist, a 10 voltas

Shifter – 1ª Prova
1) Danilo Dirani, (13 voltas) 10:10.944
2) Galid Osman, a 1.858
3) Denis Dirani, a 2.642
4) André Nicastro, a 2.998
5) Leonardo Cordeiro, a 3.427
6) Guilherme Salas, a 3.710
7) Rafael Suzuki, a 4.030
8) André Pedralli, a 4.111
9) Bruno Ferreira, a 10.857
10) Alexandre Ruiz, a 11.722
11) Fernando Penna (S), a 12.274
12) Leonardo Jafet, a 18.451
13) Jorge Borelli (S), a 21.604
14) Hybernon Cysne (S), a 22.013
15) Felipe Marra, a 22.187
16) João Jardim, a 1 volta
17) Renato Russo (S), a 3 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *