Super Turismo Cearense: Edinardo mostra superioridade e vence segunda e terceira etapas

Meio-dia, sol a pino. Na pista a temperatura superava os 48 graus e se configurava como o primeiro obstáculo a ser vencido pelos 19 carros alinhados no grid de largada para a Segunda etapa do Campeonato Cearense de Super Turismo, que foi realizada neste domingo (31), no autódromo Virgílio Távora, na cidade do Eusébio (CE).

Na ponta o piloto Edinardo Filho liderava o pelotão de carros esperando mantê-la até o final. “Vou lutar pela ponta até a bandeirada. Espero que o carro renda o mesmo que rendeu nos treinos”, disse o piloto do carro 55. Ao lado de Edinardo estava o campeão do ano passado, Geradinho Rola, na terceira colocação Tuta Sancho, seguido de Pedrinho Virgínio em quarto.

Na largada Edinardo manteve a ponta enquanto Tuta Sancho ultrapassou Geral Dinho na Curva do desespero. Andando forte vinha o piloto Ênio Santos, que mostrava ter um bom equipamento, fato demonstrado desde a primeira etapa, assim começou uma disputa pela quarta colocação com Pedrinho que fazia de tudo para manter seu proton 93 à frente de Ênio.  Após cinco voltas de perseguição Ênio conseguiu ultrapassar Pedrinho, mas perdeu a posição no final da reta, mas persistente, Ênio conseguiu superar Pedrinho e ficar com a quarta posição.

Adriano Rabelo, Paulo Holanda, Cléber Brasileiro, Pedrinho, Vicente Paiva e Mano Rôla andavam próximos um do outro na disputa por posições. Na entrada da curva da ponte Mano Rôla tocou seu carro na traseira do Proton 93 de Pedrinho, que acabou rodando e perdendo várias colocações. “É a segunda vez que ele faz isso comigo, na primeira corrida ele me tocou na Entrada da Dirce, hoje ele quis passar por cima de mim, espero que os fiscais tenham visto dessa vez”, desabafou o jovem piloto nitidamente aborrecido. Mas para minimizar a chateação de Pedrinho, a direção da prova puniu Mano com uma passagem pelos boxes.

Distante dos problemas Edinardo Filho se distanciava cada vez mais dos demais pilotos. Se na pista Edinardo estava tranquilo, o mesmo não acontecia com seu pai Edinardo que andava de uma ponta a outra do Paddock procurando pelo filho dentro da pista. “É muito emocionante, o coração bate mais forte, mas a gente aguenta. É bom ver o filho andando bem e na ponta”, afirmou.

Ao final Edinardo filho cruzou em primeiro, seguido por Tuta Sancho em segundo; Geral Dinho Rôla em terceiro, Ênio Santos em quarto, e Adriano Rabelo em quinto, esses foram os cinco primeiros da Super Turismo pela Categoria Principal. Na Ligth o vencedor foi Pedro Sidrim (foto), seguido por Daniel Busgaib, em segundo e Fernando Pessoa em Terceiro, os três da equipe DB Racing. Na quarta colocação da Ligth foi o estreante Franco Menezes, que veio do kart e estreou subindo ao pódio. Em quinto ficou Marcos Nunes.

Na terceira etapa o piloto Edinardo Filho alinhava no grid novamente na pole com a expectativa de conquistar a segunda vitória do dia. Faltando 30 segundos para  a largada o piloto Tuta Sancho teve problemas com o acelerador e a largada foi adiada por mais três minutos. Ao sinal verde Geraldinho Rôla atacou o líder Edinardo, os dois contornaram juntos a primeira curva (Curva do Desespero), mas Edinardo não permitiu a ultrapassagem e continuou no primeiro posto.  Depois de atacar, Geraldinho foi pressionado por Ênio Santos que conseguiu a segunda posição em disputa na Curva da Ponte e, a partir daí, buscou acompanhar a tocada do líder. Ênio esperava muito dessa etapa. “Eu espero que o carro permaneça o mesmo que rendeu na corrida anterior. Estou determinado e vou lutar pela vitória”, concluiu o piloto.

Pedro Sidrim, que havia vencido a disputa anterior na categoria Ligth, fazia uma corrida bem ao seu estilo, sempre forte e atacando as zebras nas curvas. Mas na quinta volta acabou perdendo a posição para Fernando Pessoa, que passou a liderar a Ligth.

Depois da disputa no início, Edinardo liderou com bastante folga e imprimiu seu ritmo abrindo larga vantagem para o segundo colocado da prova, o piloto Ênio Santos. De forma absoluta Edinardo encerrou o fim de semana como sendo o mais veloz, largou na pole e venceu as duas corridas do dia. “Foi uma vitória que tenho que comemorar com minha equipe, pois me deram um carro fantástico. No início o Geraldinho tentou passar, mas estava determinado a cruzar a primeira volta na liderança”, confirmou.

Ao final, Edinardo confirmou sua superioridade e venceu a terceira etapa assumindo a liderança da categoria principal com 44 pontos. Na segunda posição ficou Ênio Santos; em terceiro Geraldinho Rôla; em quarto Mano Rôla; em quinto Paulo Holanda; e em sexto Pedrinho Virgínio. Pela categoria Ligth o vencedor da terceira etapa foi o piloto Fernando Pessoa, que assumiu a liderança do Campeonato com 49 pontos. Em segundo lugar ficou Pedro Sidrim, em terceiro Daniel Busgaib.

A próxima etapa da competição será no dia 28 de junho, também no autódromo do Eusébio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *