Superbike: Após sair da Fórmula 1, Honda sai de superbike nos EUA

A crise financeira internacional causou mais uma baixa no mundo do esporte. Depois de abandonar a Fórmula 1, a Honda anunciou que não manterá sua equipe no Campeonato Americano de superbike.

A decisão é surpreendente devido às recentes negociações sobre a categoria. Executivos da Honda tiveram reuniões com diretores da Kawasaki e da Yamaha para discutir o futuro da superbike diante da crise internacional, mas não ficaram satisfeitos com as resoluções do encontro.

“Estou sem palavras. É claro que foi um choque muito grande, porque sempre pensamos que a crise não vai nos afetar diretamente. A situação está muito complicada”, admitiu o piloto Neil Hodgson em entrevista coletiva.

Com a saída da equipe principal, a Honda manterá apenas os dois times satélite no Americano de superbike: Erion Honda Racing e Corona Honda Racing. Contudo, a montadora japonesa ainda não oficializou a permanência de ambos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *