Superleague: Corinthians e Pizzonia mostram serviço na Alemanha

Piloto amazonense estreou pelo Corinthians liderando e estabelecendo volta mais rápida.

O brasileiro Antonio Pizzonia estreou muito bem pelo Corinthians na Superleague Formula, a categoria de automobilismo que reúne algumas das principais equipes do futebol mundial. Ele chegou a liderar a primeira corrida e registrou a volta mais rápida no complemento da segunda rodada dupla do campeonato, disputada neste domingo em Nurburgring, na Alemanha. “Para a nossa estréia foi muito bom. Adorei o carro e a idéia do campeonato. Nas próximas etapas vamos atrás da vitória e de um bom posicionamento no campeonato”, elogiou o piloto com passagens pela Fórmula 1 e Champ Car.


Na corrida inicial Pizzonia largou bem e já começou a lutar pela pela liderança com o holandês Robert Doornbos, que representa as cores do Milan. O amazonense assumiu a liderança na 11ª volta, quando o carro italiano fez sua parada obrigatória. Na volta 15 ele também parou nos boxes, mas um problema com a embreagem acabou com suas chances de vitória. “A embreagem superaqueceu e na parada o carro apagou e a roda traseira quente ficou presa, não saia. Perdemos muito tempo”, lamentou o representante do ‘Timão’, por ter perdido 19 segundos em seu pitstop. Voltando à pista em 12º, na 17ª passagem ele já ocupava a sétima colocação, que manteve até a bandeirada final. “O carro estava excelente com pneus novos e era muito prazeroso de dirigir”, comentou o brasileiro, que acha que o monoposto de 750 hp está em um nível intermediário entre a Fórmula 1 e a Champ Car.


A segunda corrida teve o grid totalmente invertido em relação à prova inicial. Com isso, o carro corintiano largou na 12ª colocação. Na volta cinco Antonio Pizzonia já ocupava a sétima colocação. Após a parada obrigatória nos boxes e a entrada do Safety Car no 17º giro, em virtude de um acidente com o carro do Glasgow Rangers, o “Jungle Boy” ficou em décimo lugar. Tentando se recuperar, o carro do Corinthians estabeleceu a melhor marca da corrida com o tempo de 1min43s463 na 21ª volta, mas manteve a posição até o final da prova. “Com a experiência que adquirimos, e a melhoria que será feita no equipamento, poderemos dar mais alegria à torcida a partir da próxima rodada”, avisa o representante do time paulista.


A terceira rodada da Superleague será em Zolder, na Bélgica, nos dia 4 e 5 de outubro.


Estes foram os 10 primeiros na 3ª etapa em Nurburgring:


1) Milan (Itália), em 46min13s313;
2) Anderletch (Bélgica);
3) Galatasaray (Turquia);
4) Glasgow Rangers (Escócia);
5) Beijing Gouan (China);
6) Sevilha (Espanha);
7) Corinthians (Brasil);
8) Porto (Portugal);
9) Basel (Suíça);
10) PSV Eindhoven (Holanda);
16) Flamengo (Brasil).


Estes foram os 10 primeiros na 4ª etapa em Nurburgring:


1) PSV Eindhoven (Holanda) em 46min41s041;
2) Anderletch (Bélgica);
3) Beijing Gouan (China);
4) Roma (Itália);
5) Porto (Portugal);
6) Milan (Itália), 46min13s313;
7) Galatasaray (Turquia);
8) Sevilha (Espanha);
9)Atlético de Madrid;
10) Corinthians (Brasil);
16) Flamengo (Brasil).


Assim está a pontuação do campeonato após quatro etapas:


1) Beijing Gouan (China), 151 pontos;
2) PSV Eindhoven (Holanda), 127;
3) Sevilha (Espanha), 120;
4) Anderletch (Bélgica), 107;
6) Porto (Portugal), 101;
7) Liverpool (Inglaterra), 92;
8) Tottenham Hotspur (Inglaterra), 90;
8) Galatasaray (Turquia), 90;
10) Milan (Itália), 85;
11) Glasgow Rangers (Escócia), 83;
12) Basel (Suíça), 78;
13) Corinthians (Brasil), 74;
14) Al Ain (Emirados Árabes Unidos), 69;
15) Flamengo (Brasil), 66;
16) Borrussia Dortmund (Alemanha), 52;
17) Olympiacos (Grécia), 52;
18)Atlético de Madrid, 20;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *