Superleague Formula: Liverpool e Milan vencem na abertura da temporada

O Liverpool, com o espanhol Adrian Vallés, e o Milan, com o italiano Giorgio Pantano, foram os vencedores da primeira etapa da temporada, em Magny-Cours, na França. Neste domingo (28/06), Vallés venceu a primeira prova e a Super Final, com Pantano triunfando na segunda prova da programação.

O Liverpool venceu a primeira prova, com o Anderlecht, com o holandês Yelmer Buurman, em 2º. O Tottenham, com o inglês Craig Dolby, completou o pódio.

Logo na primeira volta um múltiplo acidente, que envolveu cinco carros, acionou o Safety-Car. Com a bandeira verde, Vallés assumiu a liderança na 5ª volta, mantendo a ponta durante os pits stops obrigatórios. Mesmo envolvido no acidente da largada Buurman terminou em 2º, após defender a posição dos ataques de Dolby.

Pole-position, o Corinthians, com o brasileiro Antonio Pizzonia, chegou na 4ª posição, depois da rodada de Pantano faltando apenas cinco minutos para o final. O atual campeão da GP2 Series caiu da 4ª para a 12ª posição ao final da prova.

O Flamengo, com o brasileiro Enrique Bernoldi, foi o 6º colocado.

A segunda prova, também com 45 minutos de duração, tem o grid totalmente invertido. O Olympiacos, com o italiano David Rigon, sai na pole.

O Milan venceu a segunda prova, seguido pelo Olympiacos. O FC Basel, com o alemão Max Wissel, terminou em 3º.

Na largada o Glasgow Rangers, com o australiano John Martin, assumiu a ponta, ao superar o Olympiacos. Uma desastrosa parada nos boxes de Martin, o fez cair várias posições, deixando Pantano na liderança. Na 17ª volta, após todas as paradas nos boxes, o italiano voltou ao primeiro lugar, mantendo a posição até o final. Rigon e Wissel completaram o pódio.

Martin abandonou na 16ª, depois de sair da pista na curva Adelaide. O Flamengo foi 8º, seguido pelo Corinthians.

A Super Final, que não conta pontos, foi disputada pelo Liverpool, Anderlecht, Milan, Olympiacos e o Corinthians, que entrou no lugar do Tottenham (Dolby teve problemas de câmbio na última volta da segunda prova e não pode alinhar para a Super Final).

Vallés, depois de assumir a liderança na largada, venceu faturando o prêmio de € 100 mil. Pantano foi o 2º, levando € 70 mil. Com a terceira posição Pizzonia ficou com € 40 mil.

A próxima rodada acontece no circuito de Zolder, na Bélgica, nos dias 18 e 19 de julho.    

Final, prova 1:

1 – Liverpool – Hitech – Adrian Valles – 30voltas em 45m57s400
2 – Anderlecht – Zakspeed – Yelmer Buurman – 6”298
3 – Tottenham – ADR – Craig Dolby – 7”237
4 – Corinthians – ADR 2 – Antonio Pizzonia – 16”958
5 – Galatasaray – Ultimate – Duncan Tappy – 27”801
6 – Flamengo – Delta/ADR – Enrique Bernoldi – 37”807
7 – Sporting Lisboa- Zakspeed – Pedro Petiz – 44”178
8 – Midtylland – Hitech – Kasper Andersen – 55”903
9 – Al Ain – Ultimate – Miguel Molina – 1’03”281
10 – FC Basel – GU Racing – Max Wissel – 1’03”907
11 – PSV Eindhoven – Azerti – Dominick Muermans – 1’26”555
12 – Milan – Azerti – Giorgio Pantano – 1 volta
13 – Olympique Lyonnais – Epsilon Sport – Nelson Panciatici – 1 volta
14 – Atletico Madrid – ADR 2 – Ho-Pin Tung – 1 volta

Abandonos:

Roma – Azerti – Jonathan Kennard – 17 voltas
Porto – Hitech – Tristan Gommendy – 8 voltas
Glasgow Rangers – ADR – John Martin – 1 volta
Olympiacos – GU Racing – Davide Rigon – 0 volta

Volta mais rápida: Tottenham 1’27”284

Final, prova 2:

1 – Milan – Azerti – Giorgio Pantano – 31 voltas em 46m57s511
2 – Olympiacos – GU Racing – Davide Rigon – 2”273
3 – FC Basel – GU Racing – Max Wissel – 11”372
4 – Al Ain – Ultimate – Miguel Molina – 15”455
5 – Anderlecht – Zakspeed – Yelmer Buurman – 17”987
6 – Liverpool – Hitech – Adrian Valles – 18”811
7 – Porto – Hitech – Tristan Gommendy – 19”759
8 – Flamengo – Delta/ADR – Enrique Bernoldi – 21”741
9 – Corinthians – ADR 2 – Antonio Pizzonia – 21”998

10 – Tottenham – ADR – Craig Dolby – 23”594
11 – Galatasaray – Ultimate – Duncan Tappy – 31”831
12 – Atletico Madrid – ADR 2 – Ho-Pin Tung – 1’08”911
13 – Olympique Lyonnais – Epsilon Sport – Nelson Panciatici – 1’26”911

Abandonos:

Roma – Azerti – Jonathan Kennard – 28 voltas
Midtylland – Hitech – Kasper Andersen – 17 voltas
Glasgow Rangers – ADR – John Martin – 16 voltas
Sporting Lisboa – Zakspeed – Pedro Petiz – 6 voltas
PSV Eindhoven – Azerti – Dominick Muermans – 0 volta

Volta mais rápida: Corinthians 1’28”120

Final, Super Final:

1 – Liverpool – Hitech – Adrian Valles – 8 voltas em 11m49s172
2 – Milan – Azerti – Giorgio Pantano – 4”813
3 – Corinthians – ADR 2 – Antonio Pizzonia – 6”774
4 – Anderlecht – Zakspeed – Yelmer Buurman – 9”402
5 – FC Basel – GU Racing – Max Wissel – 24”385
6 – Olympiakos – GU Racing – Davide Rigon – 26”246

Volta mais rápida: Liverpool 1’28″245

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *