TC2000: Pilotos da Terra Avallone ficam satisfeitos com a experiência na categoria

Felipe Maluhy e Tarso Marques foram convidados para os 200 Km de Buenos Aires, uma das principais provas de turismo na Argentina.

Logo após a emocionante 10ª etapa da Stock Car V8, realizada no último domingo (dia 29), os pilotos da equipe Terra Avallone, Felipe Maluhy e Tarso Marques, disputaram os 200 Km de Buenos Aires da TC2000, principal categoria de turismo da Argentina. A dupla aprovou a experiência e acredita que esse intercâmbio entre as duas categorias de maior sucesso na América do Sul é bem-vindo.


Maluhy, que largou na pole na Stock e ficou em segundo lugar, correu pela equipe Renault ao lado de Lucas Benamo e terminou em quinto lugar. Marques disputou a prova pela Honda Petrobras Podium e teve Diego Aventin como companheiro. Eles largaram em terceiro lugar, mas tiveram problemas com o motor e não completaram a prova, abandonando a nove voltas do final.


A vitória ficou com a dupla Matias Rossi e Alain Menu, da equipe Chevrolet Elaion. Eles completaram as 35 voltas em 1h01min18s143. O sul-mato-grossense Hoover Orsi, que correu ao lado de Martin Basso na equipe Ford YPF, foi o melhor brasileiro na prova, terminando em segundo.


Maluhy e Benamo largaram na 18ª posição, depois de terem a direção hidráulica quebrada durante a classificação. Por isso, o quinto lugar foi considerado um resultado altamente positivo.


“O Lucas fez muito bem a sua parte na prova, cuidou dos pneus e, com isso, consegui forçar na segunda metade e andar rápido para terminar em quinto, atingindo a meta inicial de estar entre os cinco primeiros”, comentou Maluhy.


“Gostaria muito de correr novamente na TC2000. O carro é muito técnico e com características diferentes da Stock”, destacou o piloto, que agora é o vice-líder da categoria brasileira, com 238 pontos, nove a menos que Cacá Bueno, o primeiro na tabela.


Apesar dos problemas, Tarso também gostou da experiência. “Foi muito positiva. A equipe foi bastante profissional e eu queria muito ter terminado no pódio, mas não foi possível pelos problemas que tivemos. De qualquer maneira, estou muito feliz com o resultado final, porque na classificação e durante toda a corrida, estivemos entre os primeiros e sempre fomos os mais rápidos entre os Honda”, lembrou o paranaense.


“A prova foi bastante tumultuada e com muitos acidentes em função das condições da pista. O Aventin largou, perdeu algumas posições e me entregou o carro em sétimo. Também perdemos um pouco de tempo na parada nos boxes. Depois disso, o carro não estava rendendo muito bem, pois estava saindo muito de traseira e o motor não estava bom, até que quebrou e tive de abandonar no final”, continuou Tarso.


“Gostei muito da receptividade da equipe e da experiência que até então era inédita para mim”, completou o piloto.


Maluhy e Marques voltam agora suas atenções para a penúltima etapa da Stock Car V8, no dia 19 de novembro, no Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *