Top Race: Carro do Corinthians estreia na Argentina com Fábio Fogaça

Piloto sorocabano defende as cores do clube paulista pela segunda vez nesta temporada, a primeira fora do país.

Uma das principais categorias do automobilismo sul-americano, a Top Race V6 irá realizar neste final de semana (29/8) a segunda etapa do campeonato 2010/2011 na pista de 4.275 metros do autódromo “Termas de Río Hondo”, em Santiago del Estero, na Argentina. E pela primeira vez o Corinthians estará representado no país portenho através do piloto Fábio Fogaça (Corinthians/Feeder/S.Y.L. Pastilhas de Freio/Case/Beta Ferramentas/Konrad Caminhões). Será a segunda corrida do sorocabano com o carro alvinegro, que disputou a primeira etapa em Interlagos, em São Paulo.

 

“É um orgulho continuar defendendo o Corinthians. Os argentinos são tão apaixonados por futebol quanto os brasileiros e eles gostaram da ideia de juntar os dois esportes na categoria. Em Interlagos eles curtiram bastante o carro com as cores do clube. Vou lutar e dar o meu máximo o tempo todo para honrar a raça corintiana”, afirma Fabinho.

 

Atual campeão da Stock Jr., Fábio Fogata será o segundo piloto brasileiro a representar o clube paulista numa competição fora do Brasil, a exemplo do amazonense Antonio Pizzonia, que no ano passado defendeu as cores do Corinthians na Fórmula Superliga, categoria de monopostos que corre na Europa. Em sua primeira temporada internacional, Fabinho Fogaça seguirá aprendendo e ganhando experiência na categoria.

 

“Continuarei com o meu aprendizado no automobilismo. Estou cada vez mais confortável com o carro, mas novamente terei o desafio de conhecer uma nova pista. Mas isso não me assusta. Foi assim no começo do ano e isso faz parte da carreira de qualquer piloto. Temos de aprender rapidamente as manhas de cada pista e eu gosto de desafios”, salientou Fogacinha.

 

A partir de agora o treino classificatório será realizado com cada piloto percorrendo apenas uma volta rápida. Com isto, acaba o tráfego no circuito e as ‘caronas’ de vácuo. “Este novo procedimento poderá me ajudar um pouco. Na Stock Jr eu estava acostumado com isto e sempre consegui bons tempos. A categoria aqui é extremamente competitiva, mas confio na equipe e penso que vamos fazer um bom trabalho”, acredita Fabinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *