Top Race: Fábio Fogaça andou na frente e Átila Abreu levou batida

Apesar de excelente desempenho, os brasileiros não tiveram bom resultado na “Corrida da História”, quinta etapa da Copa América Top Race disputada neste domingo (24/4) em La Plata, na Argentina. Enquanto Fábio Fogaça (Feeder/Case/Beta/F-Truck/Kraucher/Konrad Caminhões) chegou a andar no pelotão dianteiro antes de ter problema mecânico, Átila Abreu (Zinco Jeanswear/Baterias Líder/Santa Carolina) levou uma batida ainda na primeira curva.

“É muito azar. O Fabinho já estava em 13º na segunda volta quando o carro começou a sair muito de traseira e ai ele não conseguiu sustentar a posição e foi caindo”, contou Djalma Fogaça, pai de Fábio, que recebeu a bandeirada na 25ª posição, a 44s78 do argentino Juan Manuel Silva, o vencedor. “O Átila foi envolvido em uma batida com vários carros logo na primeira curva e teve que abandonar”, falou sobre o piloto de Stock Car que o substituiu na bateria de convidados.

 

Fábio Fogaça mostrou que está se desenvolvendo rapidamente na Top Race e largando da 24ª posição completou a primeira volta em 14º. Na passagem seguinte já estava em 13º quando seu Mondeo começou a sair muito de traseira. Com isto, não teve condições de segurar o ataque dos concorrentes e foi perdendo posições no decorrer dos 19 giros.

 

Convidado para substituir Djalma Fogaça que está muito gripado, Átila Abreu largou muito bem e ganhou quatro posições. Na saída da primeira curva, com o carro desequilibrado acabou levando um leve toque que provocou sua rodada e batida de outros quatro carros.

 

“Minha experiência na Argentina durou uma curva! Eu parecia um pião rodando no meio da reta e levando batida em todos os lados. Apesar disto, valeu a pena, conheci o carro, o circuito, a categoria Top Race e o jeito dos argentinos promoverem corridas. Quero vir outras vezes”, comentou Átila.

 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *