Trofeo Maserati: Deu Cattalini de ponta a ponta

E o título do Campeonato Brasileiro Maserati 2007 vai para Curitiba e ao piloto mais regular da temporada, com méritos inquestionáveis.

Desta vez, a sua alegria superou o seu jeito introspectivo. O piloto curitibano Renato Cattalini (equipe Vivo/Greco), além de vencer as duas baterias da 9ª etapa, é o grande campeão da temporada 2007 do Campeonato Brasileiro Maserati. E, com méritos, porque venceu de ponta a ponta e não deu chances ao seu único oponente, César Urnhani (Blausiegel), de ameaçá-lo com dois 2º lugares necessários para que o piloto paulista chegasse ao título.


 


César Urnhani largou na 4ª posição e cruzou a linha de chegada na 3ª, atrás de Rafael Derani (CRT Competições), piloto que – sem tirar as qualidades de Cattalini – acabou tendo influência direta no resultado final da temporada. Fez uma corrida brilhante e, nas últimas voltas, chegou muito próximo de Cattalini.


 


Com esses resultados, Renato Cattalini fechou a temporada com 343 pontos. César Urnhani terminou na 2ª colocação, com 305 pontos, e Rafael Derani, com 251, encerrou o ano em 3º lugar. Com o sistema de descartes dos três piores resultados, Cattalini ficou com 303 pontos, apenas 6 a mais que Urnhani (297 pontos) e Derani com 235 pontos.


 


Durante as duas baterias da 9ª e última etapa do Campeonato Brasileiro Maserati, no Autódromo de Interlagos, no pelotão da frente nenhuma surpresa. Na realidade, os resultados da prova começaram a ser delineados no dia anterior, durante o qualifying, quando os três pilotos anotaram seus melhores tempos, na mesma ordem do encerramento das duas baterias, já que o piloto Cláudio Ricci – na sessão de classificação – tinha feito o 2º melhor tempo, mas como convidado não pontuaria. Exceção feita à ultrapassagem de Rafael Derani sobre Cláudio Ricci na 3ª volta.


 


No entanto, no grupo intermediário, logo na 2ª volta, o piloto Valter Rossete “escapou” na entrada do Lago e deixou a pista prematuramente. E, na 4ª volta, no final da reta dos boxes, Marcelo Hahn, além de bater na traseira esquerda de João Adibe, sem grandes danos, “atropelou” Chico Longo. Ambos deixaram a pista na 6ª volta.


 


Na 2ª bateria, não houve lances de emoção. Na 7ª volta, César Urnhani aproximou-se de Rafael Derani, mas não o suficiente a ponto de ultrapassá-lo. Na abertura da volta seguinte, Urnhani quase passa direto no final da reta dos boxes.


 


Enquanto isso, Renato Cattalini seguia sem ser incomodado. E como não foi. Acabou vencendo a temporada o piloto mais regular, com três vitórias, nove baterias em 2º lugar, quatro 3º lugares  e dois 5º colocados.


 


O piloto Chico Longo (Maserati Competições/Banco Votorantim) terminou a temporada na 4ª colocação, com 195 pontos;  o quinto lugar ficou com Walter Derani (CRT Competições), com 154 pontos; Valter Rossete em sexto com 146 pontos; Carlos Crespo em sétimo com 130; Marcelo Hahn em oitavo com 124; em nono terminou Abramo Mazzochi com 122 e em décimo Sérgio Laganá, 111 pontos.


 


16/12/07                                             Resultado – Etapa São Paulo 


 


1º        Renato Cattalini – 23          25:03.802


2º        Rafael Derani – 03              a 0.322


3º        César Urnhani – 20             a 5.320


4º        João Adibe – 77                   a 11.015


5º        Carlos Crespo – 30              a 46.927


6º        Carlos Padovan – 07          a 1:42.311


7º        Cláudio Ricci – 70               a 13 voltas


8º        Chico Longo – 19                a 14 voltas


9º        Marcelo Hahn – 16              a 14 voltas


10º      Valter Rossete – 21             -x-


 


 


Classificação Geral 2007



1º        Renato Cattalini – 23           343


2º        César Urnhani – 20              305


3º        Rafael Derani – 03               251


4º        Chico Longo – 19                 195


5º        Walter Derani – 70               181


6º        Valter Rossete – 21              146


7º        Carlos Crespo – 30              130


8º        Marcelo Hahn – 16              124


9º        Abramo Mazzochi – 25       122


10º      Sérgio Laganá                      111


11º      João Adibe – 77                    16

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *