Trofeo Maserati: Etapa de Londrina pode consolidar Alencar Jr.

A próxima etapa do Campeonato Brasileiro Maserati, a 6ª da temporada, no domingo 17 de setembro, no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina, no norte do Paraná, será decisiva a pelo menos quatro pilotos. Ao líder disparado do campeonato com 216 pontos, o piloto goiano Alencar Jr., pode significar a consolidação, faltando apenas três etapas – duas em São Paulo e uma em Curitiba.



Ao vice-líder Rafael Derani (117 pontos) e ao terceiro colocado Valter Rossete (102), a etapa de Londrina pode representar a grande chance de recuperação, desde que Alencar Jr. consiga pontuações mínimas. E também ao quarto colocado, Francisco Longo, pode ser a redenção no campeonato, já que – embora some 88 pontos – fez boa prova na última etapa em Tarumã, no RS.


O Autódromo Internacional Ayrton Senna, no entanto, pode se mostrar uma incógnita a todos os pilotos, na medida em que o circuito recebe o Campeonato Brasileiro Maserati pela primeira vez e a maioria absoluta dos competidores não conhece a pista, configurada em sentido anti-horário com 3.146 metros de extensão e com áreas de alta, média e baixa velocidades, dez curvas distribuídas em subidas e descidas e duas retas de 1.000 e 700 m e um “S” em alta velocidade antes da reta de 1.000 m e uma reta oposta com uma curva em mergulho de alta velocidade.

O diretor esportivo da Maserati Competições, Chico Serra, define o circuito de Londrina como uma prova de concentração, ferramenta fundamental para se dar bem. “A pista é gostosa de guiar e muito ruim para ultrapassar. Qualquer erro cometido pelo piloto pode ser fatal já que a área de escape é bem reduzida”, explica Serra.


Os pilotos, ao percorrerem o traçado de Londrina nos treinos livres, devem absorver o máximo de informação. As capacidades de assimilar o circuito e a habilidade do piloto serão pontos imprescindíveis que vão definir a prova. O líder do campeonato, o piloto Alencar Jr., vai ser um dos estreantes desta pista. “Nunca andei em Londrina. Por isso a prova, torna-se mais complicada e difícil para mim. Felizmente, tenho uma grande facilidade de adaptação nos circuitos e, assim, espero realizar uma boa prova”, declara Alencar Jr.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *