Truck: Adalberto Jardim troca Stock pela Truck

Piloto acumula 19 temporadas de experiência na Stock Car, onde venceu 14 corridas, e agora encara o desafio dos caminhões, competindo com um modelo Volkswagen Constellation da equipe de Renato Martins.



O próximo final de semana trará emoção em dobro para o automobilismo brasileiro com a realização dos dois principais campeonatos nacionais. Em Campo Grande, a Stock Car realiza sua terceira etapa, e em São Paulo, a Truck deve receber um público de 50 mil pessoas para a sua principal corrida do ano.


 


E é justamente neste final de semana que um piloto trocará de categoria. A partir desta sexta-feira, quando ambas realizam seus primeiros treinos, o experiente Adalberto Jardim troca o forte ronco dos V8 da Stock pelos 850 cavalos de potência dos caminhões da Truck.


 


O veterano fará sua estréia no campeonato deste ano competindo com um Volkswagen Constellation da equipe RM, dirigida pelo também piloto Renato Martins. Com contrato para correr toda a temporada na Truck, Jardim será o quinto integrante da equipe RM. Além dos dois citados, Herberto Heinen, Beto Napolitano e Débora Rodrigues, a única representante das mulheres no certame, formam o time considerado forte candidato à vitória em Interlagos e também ao título deste ano.


 


“A Stock Car foi minha vida. Fiz 19 temporadas completas, e logicamente tenho muitas lembranças marcantes desta minha fase”, diz Jardim, o quinto maior vencedor de toda a história da categoria. “Mas atualmente terei mais vantagens correndo na Truck, não só financeiramente, mas também pelo envolvimento das montadoras, possibilitando o desenvolvimento tecnológico do caminhões graças ao intenso apoio das fabricas. Para mim, o futuro é a Truck”, completa.


 


O piloto garante que mantém aos 47 anos a mesma motivação de quando era um jovem estreante na Stock Car.


 


“Estou motivado com o novo desafio. Fiz um treino com a RM em Londrina e já deu para perceber que estou numa equipe estruturada, com chances de brigar pelas primeiras posições. Ainda é cedo para fazer projeções, mas quero fazer o máximo pela equipe já nesta primeira prova”, diz Jardim.


 


O piloto tem em seu currículo uma participação na Truck em 1999, quando substituiu Djalma Fogaça em Tarumã. Ele foi o terceiro colocado na prova gaúcha. Desta vez, no entanto, Jardim tem contrato para toda a temporada, e se dedicará exclusivamente ao campeonato nacional de caminhões.


 


Para Renato Martins, a chegada de Adalberto Jardim trará mais experiência a RM Competições. “Conheço o Jardim há alguns anos e sempre pensamos nesta possibilidade. Estou muito feliz que tenha sido efetivada esta parceria e tenho certeza de que nós dois só temos a ganhar. Além da sua experiência como piloto, o Jardim trará a equipe o conhecimento técnico necessário para nos ajudar a desenvolver ainda mais nosso equipamento”, comenta o recordista de vitórias da Truck.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *