Truck: Adiar decisão do título é missão de Ramires, Muffato, Cirino e Andrade

Pilotos primam pela vitória na penúltima etapa para impedir que
Martins deixe Viamão neste domingo com o título assegurado.


A oitava e penúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck, neste domingo (12), poderá contar a história da temporada 2006. Por um lado, há a possibilidade da corrida no Autódromo Internacional de Tarumã, em Viamão, na Grande Porto Alegre, definir o título em favor de Renato Martins, líder isolado da tabela de classificação com 111 pontos. Por outro, quatro adversários de Renato trabalham pela vitória para adiar a decisão do título.

As ameaças mais incisiva ao título de Renato, que pilota um Volkswagen, partem do paulista Vinicius Ramires, piloto da Mercedes-Benz, e do paranaense Pedro Muffato, que compete com um Scania. Os dois empatam na vice-liderança com 88 pontos, 23 a menos que o líder, e concordam que precisam da pontuação máxima na corrida de Tarumã para chegar a Brasília na última corrida do ano, no dia 10 de dezembro, com boa chance de buscar a taça.

O título da Fórmula Truck não é novidade para Renato, que inaugurou a galeria de campeões brasileiros da categoria em 1996. Para os dois concorrentes, a conquista seria inédita. Pedro, que disputa a categoria desde 2000, obteve suas melhores campanhas nos anos de 2002 e 2003, em que foi sexto na classificação final. Vinicius fez sua estréia com a temporada de 2005 em andamento e cumpre, neste ano, seu primeiro campeonato completo.

Para Muffato, a única meta em Tarumã é adiar a definição do título. “Não estou fazendo contas, só quero um bom resultado, quem sabe a vitória, para levar essa decisão para Brasília”, anima-se o piloto paranaense da Scania, que venceu a segunda etapa do campeonato, em Fortaleza. Ramires é mais enfático. “Tenho que terminar na frente do Renato”, decreta o piloto, que repetiu na etapa passada, em Curitiba, a vitória que havia conquistado em Campo Grande.

Cinco pilotos conquistaram vitória nas sete corridas já disputadas. Martins foi primeiro colocado na quarta etapa, em Guaporé, e na sexta, em Cascavel. As vitórias de Ramires aconteceram nas quinta e sétima etapas, respectivamente. A primeira corrida da temporada, realizada em Caruaru, foi vencida pelo paranaense Leandro Totti, da Ford. Muffato faturou a segunda etapa, em Fortaleza. O paulista Roberval Andrade, da Scania, ganhou a terceira, em Interlagos.
 
DIFÍCIL REAÇÃO

Os dois principais destaques da etapa da Fórmula Truck em Tarumã no ano passado são justamente os pilotos que, na temporada atual, precisam vencer para manter condições de pensar no título. O paulista Roberval Andrade, vencedor daquela corrida, está em quinto na classificação do campeonato, com 61 pontos. O paranaense Wellington Cirino, que terminou a prova de 2005 em segundo, é o quarto na tabela atual, com 67, sem nenhuma vitória.

Andrade, que pilota um Scania, eletrônico, reconhece a improbabilidade de chegar ao segundo título na categoria. A presença do líder Martins no pódio em uma das duas últimas etapas o terá tirado da disputa. Ainda assim, o vencedor de 2005 observa aspectos positivos em sua condição atual. “É claro que eu preferiria estar na briga direta. Mas, estando quase fora da disputa, não tenho pressão, nem compromisso. Fico mais à vontade para tentar vencer”, diz.

A segunda fase do campeonato foi crucial para os dois pilotos. Na terceira etapa, em Interlagos, Roberval conquistou a vitória e Wellington ficou em segundo, depois de largar em último. Com esse resultado, os dois empatavam na liderança do campeonato com 51 pontos. Nas quatro etapas seguintes, o paulista obteve um sétimo e dois oitavos lugares, além de um abandono. O paranaense amargou dois abandonos, além de marcar um sétimo e um nono lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *