Truck: Cinco pilotos chegaram a liderar a Fórmula Truck de Campo Grande

Faltavam trinta minutos para o começo da oitava etapa da Fórmula Truck em Campo Grande (MS), quando a chuva decidiu dar uma trégua após cair torrencialmente por várias horas. Nesta situação as equipes tomaram decisões distintas quanto ao pneu a utilizar, para pista seca ou para pista molhada. Porém na hora da largada os pilotos não se importaram mais com o estado da pista e foram logo para cima tentando a liderança da prova. Geraldo Piquet com seu caminhão Mercedes-Benz largou na pole-position, mas por poucos metros, sendo ultrapassado por Valmir Benavides (Volkswagen), que a seguir já perdia a posição para Leandro Totti que com seu caminhão Ford realizou uma manobra sensacional e pulou de terceiro para a liderança.

No entanto a pista ainda molhada penalizou a sofreguidão do piloto da Londrina Truck Racing que saiu da pista perdendo a posição novamente para Valmir Benavides e Vinícius Ramires (Mercedes-Benz). Tentando ainda manter-se entre os primeiros, Totti novamente investiu numa ultrapassagem e acabou saindo outra vez para a área de escape, agora tendo mais dificuldades para retornar e assim perdeu várias punições. Até este momento, três pilotos já tinham andado na primeira posição, nem que por poucos metros, mas Benavides e Ramires conseguiram aumentar bastante a diferença para o terceiro colocado e faziam uma prova tranqüila.


Leandro Totti via agora mais de dez pilotos a sua frente e buscava em ultrapassagens arrojadas voltar ao seleto grupo que levava ao pódio. Após a décima segunda volta, quando ocorre a bandeira amarela quadriculada e entrada do Pace-Truck, um fato mexeu novamente na liderança da corrida, já na largada Ramires jogou o caminhão para cima de Benavides que não conseguiu manter-se na pista e vai para a área de escape, a avaria no truck foi tão grande que obrigou o piloto da Volkswagen a abandonar. Ramires, porém, liderou por poucas voltas quando foi punido pelos comissários da competição com uma passagem lenta pela área de boxes.


Desta forma o líder da prova passou a ser Roberval Andrade (Scania) que ainda luta pelo título do campeonato. Mas a manutenção da posição não foi fácil já que no seu encalço estava Felipe Giaffone (Volkswagen), que poderia sagrar-se campeão antecipado na disputa. Giaffone que largara das últimas posições conseguiu recuperar-se muito bem e agora buscava tirar a vitória de Andrade. No entanto o trabalho do piloto da Scania foi muito bem realizado e mesmo nos últimos momentos, faltando poucos metros da linha de chegada quando Giaffone ainda tentou a ultrapassagem, manteve-se na frente e leva a decisão do campeonato para a última prova do ano que acontecerá em Brasília (DF) no mês de dezembro.


Leandro Totti encerrou a prova em sexto lugar chegando aos 70 pontos no campeonato e continua como quinto colocado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *