Truck: Djalma Fogaça confirmado para correr em Fortaleza

Tendinite no ombro e cotovelo direitos quase tirou o sorocabano da quarta etapa neste final de semana.

O sorocabano Djalma Fogaça (DF Motorsport/Ford/HDS Mecpar) confirmou nesta terça-feira (27/05) que vai participar da quarta etapa da Fórmula Truck, que será disputada neste fim de semana (30/05-01/06) em Fortaleza (CE). O veterano piloto teve sua presença ameaçada devido às fortes dores causadas por uma tendinite no cotovelo e ombro direitos, diagnosticada logo após a corrida de Caruaru (PE). “Eu ainda estou sentindo algumas dores, mas dá para encarar esse desafio sim”, conta. A corrida acontece no domingo (01/06) às 12h45, com transmissão ao vivo pela TV Bandeirantes para todo o Brasil.

Djalma Fogaça garantiu sua participação na prova cearense após a realização de dois dias de testes no último fim de semana (14 e 15/05) em Caruaru. “Eu estou fazendo um tratamento intensivo e apesar de meu braço e ombro terem ficado um pouco doloridos, tenho certeza que vai estar bem melhor no fim de semana. Eu também vou fazer uma infiltração antes da prova para poder correr em melhores condições”, afirma o persistente piloto. O fato do circuito de Fortaleza exigir menos fisicamente do que Caruaru colaborou para a decisão. “O braço direito é o que eu uso para trocar as marchas, por isso as dores. Mas em Fortaleza o esforço é bem menor, dá para agüentar bem mais”, garante o “Caipira Voador”.

Como existia a possibilidade de não apresentar as condições físicas adequadas nos treinos, Fogaça havia convidado outro piloto para ficar de plantão e experimentar o Ford Cargo em Caruaru para qualquer eventualidade. “Estamos preparados para qualquer coisa. Ele foi bem e se adaptou rápido ao nosso equipamento. Mas além de eu sentir que poderia guiar, tenho um compromisso com a categoria, com meus patrocinadores e comigo mesmo”, disse o titular da DF Motorsport/Ford/HDS Mecpar.

Os treinos na pista pernambucana foram bastante produtivos para desenvolver novos componentes para os caminhões. “Testamos muitos elementos do motor e um novo jogo de amortecedores. Os resultados foram muito bons, os caminhões melhoraram muito”, garante Fogaça.

Os resultados obtidos por Chico Serra nos dois dias de treinos na pista pernambucana  deixaram o sorocabano bastante animado. “O Chico evoluiu bastante, virou um tempo muito bom. Para se ter uma idéia, a marca do fim de semana daria a ele um lugar na primeira fila na última corrida. Acho que vamos estar muito bem em Fortaleza”, finaliza o piloto e chefe de equipe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *