Truck: Roberval Andrade vai a Fortaleza disposto a retomar liderança do campeonato

Piloto da Scania esteve no pódio em todas as corridas do ano e está a três pontos do líder Felipe Giaffone, vencedor da prova no ano passado.

Manter a seqüência de pódios iniciada na primeira corrida do ano e voltar à liderança do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck são os objetivos principais de Roberval Andrade para a quarta etapa, neste domingo (1º) em Fortaleza. Para ele, que pilota um Scania, a corrida no Autódromo Internacional Virgílio Távora, na cidade de Eusébio, região metropolitana da capital cearense, será uma das mais importantes para a definição dos rumos do campeonato.

“Estamos chegando à metade da temporada, quem quer pensar em título, como é meu caso, precisa tratar de se posicionar bem na classificação agora”, diz o paulista, cujo caminhão número 15 é decorado nas cores de Scania, Knorr-Bremse, BorgWarner, Guerra, Frum, Rodafuso, KS, Mann Filter, Tanesfil, Banco PanAmericano, Niju, CCE, Intel e Consórcio Nacional Scania. “Estamos na disputa numa condição privilegiada, temos de manter essa condição”.

Andrade, campeão da Fórmula Truck em 2002, abriu sua participação no campeonato deste ano com o terceiro lugar em Guaporé, onde o vencedor foi seu companheiro de equipe, o pernambucano Beto Monteiro. Em Goiânia, assumiu a liderança com a vitória conquistada praticamente de ponta a ponta. Na corrida de maio na pernambucana Caruaru, foi ao pódio em quinto, mas viu Felipe Giaffone, campeão de 2007, ganhar a corrida e figurar em primeiro na tabela.

A diferença entre Giaffone e Andrade é de três pontos. “Nenhuma equipe testou desde Caruaru, porque todos os caminhões foram deixados no Nordeste. O trabalho não parou. Nossa equipe, por exemplo, trabalhou no desenvolvimento de novidades para os nossos caminhões, principalmente na parte eletrônica. O Beto e eu vamos testar esses desenvolvimentos nos treinos em Fortaleza e aplicar tudo o que for positivo nos dois caminhões da equipe”, ele antecipa.

A expectativa na equipe Roberval Motorsport, defendida por Monteiro e Andrade, é bastante positiva. “Acho que vamos estar mais fortes em Fortaleza do que estivemos em Caruaru”, aposta o paulista, que dominou os treinos livres em Pernambuco. “Para nós, vai ser uma corrida difícil, o nível de competitividade está alto, mas estamos trabalhando para ter caminhões ainda mais competitivos do que já temos”, finaliza o piloto, que tenta a primeira vitória na pista cearense.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *