Truck: Djalma Fogaça larga na segunda fila em Caruaru

Piloto esteve rápido durante todo o fim de semana no circuito pernambucano.

Djalma Fogaça (Ford Racing Trucks) manteve o bom desempenho apresentado nos treinos livres e garantiu neste sábado (16/05) em Caruaru (PE) um lugar na segunda fila do grid de largada para a terceira etapa da Fórmula Truck, categoria mais popular do automobilismo nacional. “Eu vou fazer uma corrida agressiva e ir pra cima dos primeiros colocados desde a largada”, afirma o piloto de Sorocaba, interior de São Paulo. A pole position ficou com o paulista Felipe Giaffone (Volkswagen). A corrida acontece no domingo (17/05), às 13h. A Tv Bandeirantes mostra ao vivo.

 

Fogaça foi um dos primeiros a sair para a sua volta rápida e logo de cara ficou entre os primeiros. Ao final da primeira parte da classificação ele ficou com a sexta melhor marca. “Eu já poderia ter ido melhor nessa parte do treino, porque a pista costuma melhorar mais para o final da classificação”, garante. Na Super Classificação, que reúne os oito mais rápidos da sessão inicial, o titular do Ford Cargo cravou sua volta em 1min48s372 e ocupou a quarta colocação. “Foi muito bom, mas eu poderia ter sido talvez uns dois décimos mais rápido se não tivesse dado uma erradinha na parte de alta”, explica.

 

Pelas características da pista pernambucana, a corrida costuma ser uma prova de resistência física e do equipamento. Apesar disso, Fogaça pretende arriscar. “A idéia aqui sempre foi a resistência, mas eu não quero saber, vou atacar”, confirma . Um dos trunfos do sorocabano é o fato de ele largar sem catalisador. “Sou o único entre os oito primeiros que vai correr sem o catalisador, que esquenta demais do meio para o final da prova e pode prejudicar o desempenho do caminhão. Isso pode ser o diferencial”, aposta o piloto da Ford Racing Trucks.

 

Seu companheiro de equipe, o paulista Urubatan Helou Jr., teve problemas com o intercooler, o que fazia com que seu caminhão ficasse sem muita pressão no turbo. “Mas vamos trabalhar durante a noite para resolver esse problema e dar um caminhão em boas condições para ele”, finaliza Fogaça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *