Truck: Em corrida de recuperação, Zé Maria Reis chega em sétimo

A segunda etapa da Fórmula Truck realizada neste domingo (16/04), em Fortaleza, teve a vitória inédita do paranaense Pedro Muffato. A corrida foi marcada pelas disputas em pista molhada no “novo” Autódromo Virgílio Távora. A antiga pista recebeu mudanças no traçado e também na direção. A pista atualmente é no sentido horário e teve uma diminuição dos antigos 3000 metros para os atuais 1780 metros.

Um dos pilotos que a mais tempo está em atividade, Pedro Muffato já havia corrido no autódromo cearense, mas não conhecia o traçado alterado. “A pista ficou muito boa e o público empolgou a disputa na pista”, afirmou o vencedor da prova. Na segunda colocação ficou Wellington Cirino, que entra de vez na briga pelo campeonato. Débora Rodrigues, que teve apoio de toda o povo cearense, chegou pela primeira vez em terceiro lugar.

O piloto goiano Zé Maria Reis, que largou na quinta colocação, fez uma prova agressiva. Tentou avançar o máximo de posições possíveis antes da bandeira amarela programada. “Fui para cima em todas as curvas do início da prova. Infelizmente escapei na segunda volta e desabei para o fim do pelotão”, explicou o goiano. O piloto fez uma prova de recuperação e ganhou dez posições durante o restante da prova.

Com do chefe de equipe Pedro Pimenta, a equipe Roberval Motorsports escolheu pneus de chuva para Zé Maria e Roberval Andrade, que também fez uma prova de recuperação. “A partir da sexta volta comecei a atacar os adversários. Queria muito o pódio”, afirmou Zé Maria que marcou mais 4 pontos nesta etapa. O piloto, que também marcou pontos na primeira etapa, tem agora a nona colocação no campeonato.

O público de Fortaleza foi 35 mil pessoas que vibrou em cada uma das 36 voltas da corrida. A próxima etapa do campeonato da Fórmula Truck acontece em São Paulo, em 21 de maio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *