Truck: Felipe Giaffone conquista pole-position na segunda etapa da Truck em Goiânia

Caminhões pequenos mantêm domínio na tomada de tempos. Scania de Roberval Andrade, terceiro, é o melhor entre caminhões pesados.

É de Felipe Giaffone a pole-position para a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck. O paulista da Volkswagen dominou os treinos classificatórios deste sábado (5) no Autódromo Internacional Ayrton Senna, e dividirá a primeira fila do grid com seu companheiro de equipe Renato Martins. O terceiro colocado na fila de largada para a corrida deste domingo (6) é outro paulista, Roberval Andrade, que pilota um caminhão Scania.


Andrade comemorou a terceira posição. “É um ótimo resultado para nós. Tivemos problemas mecânicos nos treinos livres, e por causa disso eu completei poucas voltas em todos os treinos. Além disso, temos insistido em brigar contra a superioridade dos caminhões pequenos”, diz o piloto, citando os modelos Ford e Volkswagen, que tem motores de nove litros e pesam menos de quatro toneladas. O Scania, com motor de 12 litros, pesa quase cinco toneladas.


O caminhão de Andrade, decorado nas cores de Scania, Frum, Rodafuso, KS, Mann, Tanesfil, Banco PanAmericano, Niju, CCE, Intel e Consórcio Nacional Scania, foi o único dos modelos mais pesados entre os cinco classificados para a Superpole. “Consegui me enfiar no meio deles porque o tempo que consegui não é de caminhão grande, eu não sei se conseguiria repetir esse tempo nessa pista”, ponderou o campeão de 2002, terceiro na pontuação do campeonato.


Vencedor da etapa goiana em 2001 e 2002, Roberval Andrade prevê uma prova difícil. “Vai ser uma luta muito grande para conseguir segurar os pequenos, eles oferecem uma relação peso-potência melhor que a dos caminhões grandes com motores de 12 litros, como é o caso do Scania. A situação do campeonato para as outras provas não deve ser diferente, vai ser duro como foi em 2007. Vou buscar o máximo possível de pontos, mas não vai ser fácil”, antevê.


Companheiro de Andrade na Roberval Motorsport, o pernambucano Beto Monteiro, líder do campeonato, vai largar em 19º. Décimo mais rápido, ele foi um dos sete desclassificados por excesso de fumaça. “Eu perdi rendimento e, como conseqüência disso, aumentou a fumaça. Alguma coisa aconteceu, vamos ter de revisar o caminhão para saber o que houve”, explicou o piloto. “Na corrida, a estratégia vai ser buscar a zona de pontuação”, antecipou.


Além de Beto Monteiro, foram desclassificados por excesso de fumaça os paulistas Vignaldo Fizio e Vinicius Ramires, da Mercedes-Benz, que largariam em oitavo e nono, os paranaenses João Marcos Maistro e Fabiano, ambos da Volvo, que haviam obtido os 14º e 16º lugares, o paranaense Leandro Totti, da Ford, que era 17º, e o também paulista Luiz Carlos Lanzoni, que largaria em 21º com Scania. Luiz Zappelini e Regis Boessio, ambos da Volvo, foram punidos por terem excedido o limite de 160 km/h em frente ao radar.


A segunda etapa do Brasileiro de Fórmula Truck em Goiânia terá largada às 13h deste domingo. A prova será transmissão ao vivo da Rede Bandeirantes. A narração é de Téo José, com reportagem de Luiz Carlos Silvério e comentário de Eduardo Homem de Mello – a geração de imagens é da Master TV. Resultados de treinos e da corrida são disponibilizados no site da Cronomap, responsável pela cronometragem do evento. O endereço é www.cronomap.com.br.


Aplicadas as desclassificações técnicas e desportivas, o grid para a etapa goiana da Fórmula Truck fica oficializado com a seguinte formação:
 
SUPER CLASSIFICAÇÃO
1º) Felipe Giaffone (SP/RM Competições), Volkswagen, 1min47s330
2º) Renato Martins (SP/RM Competições), Volkswagen, 1min47s623
3º) Roberval Andrade (SP/Roberval Motorsport), Scania, 1min47s661
4º) Valmir Benavides (SP/RM Competições), Volkswagen, 1min47s917
5º) Djalma Fogaça (SP/DF Motorsport), Ford, desclassificado/radar
TREINO CLASSIFICATÓRIO
6º) Geraldo Piquet (DF/ABF Competições), Mercedes-Benz, 1min48s016
7º) Wellington Cirino (PR/ABF Competições), Mercedes-Benz, 1min48s446
8º) Diumar Bueno (PR/Bueno Race), Volvo, 1min49s693
9º) Pedro Muffato (PR/MP Motorsport), Scania, 1min49s862
10º) Débora Rodrigues (SP/RM Competições), Volkswagen, 1min49s956
11º) Chico Serra (SP/DF Competições), Ford, 1min50s963
12º) José Cangueiro (SP/ABF Competições), Mercedes-Benz, 1min51s491
13º) Leandro Reis (GO/Reis Peças Competições), Volkswagen, 1min52s125
14º) José Maria Reis (GO/Reis Peças Competições), Volkswagen, 1min54s346
15º) Luiz Carlos Zappelini (SC/ABF Competições), Volvo, desclassificado/radar
16º) Regis Boessio (RS/Boessio Competições), Volvo, desclassificado/radar
17º) Vignaldo Fizio (SP/ABF Competições), Mercedes-Benz, desclassificado/fumaça
18º) Vinicius Ramires (SP/RRT2), Mercedes-Benz, desclassificado/fumaça
19º) Beto Monteiro (PE/Roberval Motorsport), Scania, desclassificado/fumaça
20º) João Marcos Maistro (PR/Clay Truck Racing), Scania, desclassificado/fumaça
21º) Fabiano Brito (PR/ABF Competições), Volvo, desclassificado/fumaça
22º) Leandro Totti (PR/Londrina Truck Racing), Ford, 1min51s196
23º) Luis Carlos Lanzoni, (SP/Lanzoni Competições), Scania, desclassificado/fumaça
24º) Fred Marinelli (SP/Marinelli Competições), Iveco, sem tempo


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *