Truck: Fogaça é punido por excesso de velocidade na última volta em Curitiba

O sorocabano Djalma Fogaça, que veio lutando pela pontuação até o final da corrida, acabou sendo punido por queima de radar na última volta, quando brigava com José Maria Reis (Scania) pela nona posição.


“O caminhão estava bom, bem equilibrado. O chassi e as suspensões de nosso Ford Cargo estão muito bons. Só temos deficiência de velocidade em reta, falta potência”
, explicou piloto e chefe da equipe DF Motorsport/Ford Racing Trucks. “Por isso, é até irônico ser punido por excesso de velocidade. Passei a 161 km/h, um quilômetro a mais do que é permitido. Parece brincadeira!”, comentou o “Caipira Voador”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *